Saúde

Foto: Heitor Iglesias A mamografia é um tipo específico de radiografia das mamas capaz de revelar a existência de sinais precoces do câncer de mama A mamografia é um tipo específico de radiografia das mamas capaz de revelar a existência de sinais precoces do câncer de mama

Com o objetivo de reduzir a prevalência e incidência do câncer de colo do útero e mama, a Secretaria de Estado de Saúde, através da Gerência da Rede de Diagnóstico e Tratamento do Câncer, realiza nesta quinta e sexta-feira, 15 e 16, no auditório da Policlínica Luiza Santos Filho, em Gurupi, o I Encontro do Programa de Rastreamento do Câncer de Colo de Útero e Mama com os profissionais de enfermagem que atuam na atenção básica dos 17 municípios que integram a Região de Saúde Ilha do Bananal.

A ação faz parte do recrutamento da população-alvo, que abrange mulheres em falta com o rastreamento e, segundo informações da gerência, é um momento de atualização dos profissionais sobre o atendimento às mulheres com exames alterados com vistas a qualidade dos procedimentos realizados em todos os níveis de cuidado.

Ainda de acordo com a gerência, para 2017 os encontros contemplarão as demais regiões de saúde, assim como a ampliação das ações, incluindo oficinas aos prestadores de saúde (laboratórios) que compõem a rede do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a última estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) para o Estado do Tocantins estavam previstos para o biênio 2014/2015 a ocorrência de 180 novos casos de câncer de mama e 180 de colo de útero. 

Municípios contemplados

Os municípios contemplados com a ação são: Aliança do Tocantins, Alvorada, Araguaçu, Cariri do Tocantins, Crixás do Tocantins, Dueré, Figueirópolis, Formoso do Araguaia, Gurupi, Jaú do Tocantins, Palmeirópolis, Peixe, Sandolândia, São Salvador do Tocantins, São Valério da Natividade, Sucupira e Talismã do Tocantins.