Polí­tica

Foto: Divulgação

A candidata a prefeita de Araguaína, Valderez Castelo Branco (PP), participou nessa terça-feira, 20, de uma sabatina na Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO). Na ocasião, ela foi a única dos candidatos que se ateve ao tema do encontro, que era Economia, Competitividade e Desenvolvimento Industrial, e apresentou propostas concretas para o desenvolvimento econômico da cidade.

Em seu pronunciamento de abertura, Valderez falou sobre a importância do fortalecimento das relações institucionais entre a Prefeitura, indústria, comércio e empresários. Conforme destacou a candidata, entidades com trabalhos sérios, éticos, com foco na qualificação profissional, como a FIETO, devem ser respeitadas por um Prefeito.

“Vamos manter as portas da Prefeitura abertas para o povo, para o empresário, para os investidores, enfim, a todos que de alguma maneira querem contribuir com o crescimento da nossa Araguaína. Por isso precisamos trabalhar com respeito e em conjunto com os representantes dos seguimentos”, disse.

“Na minha Gestão, vamos criar o Conselho de Desenvolvimento de Araguaína, do qual fará parte a Prefeitura de Araguaína, FIETO, Fecomércio, FAET, Sebrae, O Sistema ‘S’ de modo geral, Governo, Assembleia Legislativa, Bancos, OAB, Ministério Público, enfim, várias entidades organizadas”, completou Valderez, ao iniciar a apresentação.

O objetivo central deste Conselho será o de estabelecer parcerias entre o município e estas entidades buscando o desenvolvimento, o progresso e a melhoria da qualidade de vida araguainense, por meio da qualificação profissional e da geração de emprego e renda.

A candidata apresentou ainda, propostas que envolvem a questão da Tributação e Gastos Públicos, como a promoção de uma política de desburocratização, para aumentar a base de contribuintes.

“Vamos rever também a Planta Genérica de valores, instrumento importante para o incentivo fiscal, acabar com os altos gastos com alugueis, para investir esse dinheiro em obras e manter a regularidade dos pagamentos juntos às empresas fornecedoras da Prefeitura”, completou Valderez que, logo em seguida, garantiu a importância de uma política de disciplina fiscal por parte da Gestão.

Desburocratização, Daiara e Aeroporto

A candidata também falou sobre a importância da desburocratização e formalização de empresas em Araguaína. Para ela, é necessário investir no empresariado que já existe na cidade, fomentar a abertura de mais empresas e incentivar a vinda de novas para o município. Valderez destacou que, com o investimento em infraestrutura de qualidade, o fortalecimento do setor pode ser garantido aos mais diversos profissionais do município.

“Vamos investir e expandir o DAIARA, vamos buscar recursos para reformar do Aeroporto e também parcerias para que novas empresas de aviação venham para a cidade. Temos que trabalhar para o Pleno funcionamento da Ferrovia Norte/Sul e das estradas rurais e urbanas, para que os produtores rurais possam ter a garantia do escoamento da produção, enfim, vamos trabalhar para o pequeno, o médio e para o grande empresário”, relatou.

Portal do Investidor

Outro ponto destacado pela candidata foi a criação no âmbito municipal de um Portal Integrado do Investidor, que teria como principal objetivo informar possíveis investidores sobre como abrir uma empresa em Araguaína e os atrativos econômicos da cidade. “O site da Prefeitura hoje não é convidativo para aquele que quer conhecer as potencialidades de Araguaína. O futuro caminha ao lado da internet e por isso vamos implantar um Portal moderno, que com certeza auxiliará aqueles que querem investir aqui”, garantiu.

Redesim

Para fortalecer o atendimento integrado ofertado pela Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), Valderez afirmou que realizará capacitações dos técnicos do município que realizam o cadastro dos endereços municipais. Desta maneira, a Prefeitura auxiliará de forma eficaz na agilidade do processo de instituição e legalização de uma empresa.

Empresas locais

Para os pequenos, médios e grandes empresários de Araguaína, Valderez informou que é importante a Prefeitura dar prioridade para quem é do município, principalmente no que concerne às compras públicas. Para ela, além disso, é preciso que as empresas tenham conhecimento de como participar de licitações.

“Vamos promover o desenvolvimento local, fortalecendo a qualificação das nossas empresas, facilitando desta maneira o acesso do empresariado no mercado competitivo. Para isso, vamos capacitar empresas daqui, para que elas se tornem aptas a participarem de licitações”, completou.

Atualmente, a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas permite ao município, por exemplo, a licitação exclusiva para as MPEs nas contratações até R$ 80.000,00 (Lei Complementar n°123/2006, art. 48, inciso I).

Após apresentar suas propostas ao público presente, Valderez finalizou o seu discurso agradecendo a equipe da FIETO, em nome do presidente, Roberto Pires, pelo espaço dado para a apresentação de propostas de todos os candidat

os a prefeito de Araguaína. “E as minhas propostas aqui apresentadas são viáveis e fomentarão sobremaneira a indústria e o comércio de Araguaína”, finalizou.