Polí­tica

Foto: Divulgação

A coligação "Frente por Palmas", da candidata a prefeita, Cláudia Lelis (PV), encaminhou nota à imprensa repudiando atitude de militantes do candidato Carlos Amastha (PSB), em debate ontem, 21, na Faculdade Católica. De acordo com a coligação, militantes do gestor partiram para a violência, obrigando a polícia a usar força para conter tumulto. "A atitude da militância do candidato Amastha extrapolou todos os limites da democracia, o que  obrigou a polícia a usar a força e o resultado disso são várias pessoas feridas, o que lamentamos profundamente". 

De acordo com a nota, a candidata Claudia Lelis teve o seu carro cercado por militantes do prefeito Amastha, quando na saída do debate."Nossa indignação aumenta ainda mais quando constatamos que tal ato foi pensando e promovido por um grupo de pessoas ligadas ao prefeito e militantes disfarçados de alunos que não é capaz de entender o real significado da democracia e do direito às manifestações pacificas permitidas pela legislação brasileira", informa a coligação. 

Confira nota na íntegra 

A Coligação "Frente por Palmas", da candidata a prefeita, Cláudia Lelis (PV), lideranças e organizações políticas de sua coligação, vem, por meio desta nota, manifestar seu total repúdio ao ato de irresponsabilidade praticado por militantes do candidato Carlos Amastha (PSB), que desrespeitaram o processo Demócrito e bom senso, partindo para violência contra os militantes das demais agremiações, na noite dessa quarta-feira, 21, durante debate entre os candidatos a prefeito de Palmas, realizado pela Faculdade Catolica.

- A atitude da militância do candidato Amastha extrapolou todos os limites da democracia, o que  obrigou a polícia a usar a força e o resultado disso são várias pessoas feridas, o que lamentamos profundamente.

- Além da agressão à integridade física destes companheiros, e agressões verbais à candidata que teve seu carro cercado por militantes do prefeito quando saía do local, o candidato Carlos Amastha faltou com o respeito às regras do debate, ao infiltrar na platéia dezenas de militantes com a meta de tumultuar, vaiar e prejudicar os demais concorrentes.

- Nossa indignação aumenta ainda mais quando constatamos que tal ato foi pensando e promovido por um grupo de pessoas ligadas ao prefeito e militantes disfarçados de alunos que não é capaz de entender o real significado da democracia e do direito às manifestações pacificas permitidas pela legislação brasileira.

- Está mais do que claro e comprovado, por meio de fotos e vídeos, que esta não foi uma ação anônima. Ao mesmo tempo, reafirmamos nossa solidariedade com os companheiros e companheiras agredidos, geupo formada por trabalhadores que querem avançar mais na organização política da nossa cidade.

- Não vamos nos intimidar, vamos continuar defendendo uma campanha limpa, democráticoa e sem violência. Na luta por melhores condições de vida ao povo de Palmas, estamos juntos e somos todos Palmas!

Coligação Frente por Palmas