Educação

Foto: Divulgação Aluna do Padu em Porto Nacional, Lays Ramalho Aluna do Padu em Porto Nacional, Lays Ramalho

Com o objetivo de preparar alunos de escolas públicas por meio de cursinhos pré-vestibulares para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Universidade Federal do Tocantins (UFT) está oferecendo o Programa de Acesso Democrático à Universidade (Padu). Implantado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proex), em 2010, o Programa está presente em três câmpus da UFT: Arraias, Palmas e Porto Nacional. 

Atualmente, cerca de 300 alunos de escolas públicas são atendidos pelo Padu nos três câmpus. Lays Ramalho, 16, é uma dessas alunas do Programa em Porto Nacional. Com o sonho de cursar Medicina, Lays diz que o cursinho oferecido pela UFT está ajudando muito a se preparar para o Enem. “Estou achando muito bom porque entendo bem as explicações dos professores e estou tendo mais facilidade de aprender com eles”, afirma.

Além de oferecer aulas preparatórias para o Enem, o Padu também é um estágio na prática para acadêmicos da UFT. São bolsistas selecionados para serem monitores das aulas ministradas no cursinho. Ao todo são 45 monitores no Programa.

Ítalo Santos, do curso de Engenharia Civil, é monitor de Matemática em duas turmas no Câmpus de Palmas. “Para mim é uma experiência muito importante porque sempre tive vontade de me envolver com a docência,” explica. O bolsista ainda classifica o Padu para a vida dos alunos. “É importante esse ensino ofertado, principalmente, para aqueles alunos que não têm condições financeiras muito elevadas, sendo a oportunidade de aprenderem e tirarem suas dúvidas para o Enem”, disse.

As aulas do Padu abrangem as disciplinas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Português e Matemática. Desde 2014, o Enem é uma das formas de ingresso na UFT. As provas do Exame neste ano acontecem nos dias 5 e 6 de novembro em todo País. 

Coordenação

Na UFT, o Padu ocorre em três câmpus, sendo em Arraias com a coordenação da professora Noeci Carvalho; em Palmas, sob a coordenação de Janete Klein; e em Porto Nacional sob a coordenação da professora Benvinda Dourado. “O programa é muito importante para aqueles que querem realmente ter sucesso nas provas do Enem e querem ingressar na universidade”, conclui Benvinda.