Campo

Foto: Joatan Silva

A Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária e a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) mobilizam produtores de mel para cadastramento de dados dos apicultores e melipolinocultures do Estado. O levantamento faz parte das ações do planejamento estratégico 2016 a 2019 da Câmara Setorial de Apicultura, e se estende até dezembro de 2016.

Os apicultores devem preencher uma ficha cadastral, constando as aptidões produtivas, tais como: dados pessoais, produção atual, exploração apícola, processamento do mel, colheita, meio de transporte, comercialização, tipo de produção (abelha com e sem ferrão) e, quais produtos: própolis, mel, cera, pólen, dentre outros. (http://central3.to.gov.br/arquivo/305858/)

Segundo a zootecnista da Seagro, Michele Kfouri, o levantamento busca atualizar os dados dos produtores de mel do Estado. “É importante que tenhamos estes dados em nossos arquivos, para que assim, possamos traçar estratégicas de políticas públicas para os próximos três anos, buscando incentivar e fortalecer, ainda mais, a cadeia produtiva do mel no Tocantins”, argumentou.

Os últimos dados registrados de produtores e produção de mel são da Federação da Apicultura do Estado do Tocantins (Fetoapi).  Os dados, não atualizados constam um total de 1.300 produtores.

Cadastro

Para cadastrar, clique na ficha (link), imprima, preencha e entregue nas unidades locais da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec). Caso, o produtor tenha alguma dificuldade, procure os técnicos nas agências de seus municípios.

(http://central3.to.gov.br/arquivo/305858/)