Campo

Foto: Divulgação

Como parte da programação da 13ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), em parceria com as empresas Alta Genetics do Brasil e Mundo Animal, realiza na próxima semana, de 17 a 20 de outubro, o curso de inseminação artificial em bovinos (IA). O curso acontece no Centro Agrotecnológico de Palmas, a partir das 8h.

A diretora de Politicas para Pecuária da Seagro, Érika Jardim, frisa que a semana será uma oportunidade para que a história da alimentação seja relembrada, bem como a da ciência e tecnologia aplicadas à agricultura e à criação de animais, que fornece alimentos a mais de sete bilhões de pessoas em todo o mundo. “A ação é mais uma das iniciativas da Seagro, e visa contribuir para a produção de leite, um dos alimentos mais importantes para a humanidade”, destaca a diretora.

O curso disponibiliza dez vagas, com aulas teóricas e práticas, para que mais profissionais tenham a oportunidade de aprender as técnicas de IA e utilizá-las, a fim de melhorar a eficiência reprodutiva e de produção leiteira dos rebanhos bovinos do estado. Os interessados em participar devem ligar no telefone 3218-2121 ou procurar a Diretoria de Políticas para Pecuária na Seagro, na quadra 112 Norte, Av NS-10.

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT)

A SNCT é um evento realizado nacionalmente desde 2014, coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e realizado com a colaboração de ministérios, universidades, institutos de pesquisa, fundações de apoio à pesquisa, instituições de ensino, museus e centros de ciências, instituições privadas, além de secretarias estaduais e municipais. Esse ano o evento acontece no período de 17 a 23 de outubro com o tema “Ciência Alimentando o Brasil”.

O objetivo é aproximar a população da ciência e tecnologia em eventos que congregam centenas de instituições. Além disso, realizar atividades de divulgação científica em todo o país, com linguagem acessível à população e por meios inovadores que estimulem a curiosidade e motivar a população a discutir as implicações sociais da ciência e aprofundar seus conhecimentos sobre o tema escolhido.