Polí­cia

Foto: Divulgação

Policiais Civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) Sul, comandados pelo delegado Rafael Fortes Falcão, apreenderam, na noite de sexta-feira, 14, em Gurupi, aproximadamente 5kg de maconha, que estava em poder de Eduardo C. D., 22 anos de idade e Fabíola dos S. C., 30 anos, os quais foram presos em flagrante por tráfico de drogas.

Conforme o delegado Rafael, a ação que resultou nas prisões e apreensão do entorpecente, teve início há alguns dias, quando os policiais civis passaram a monitorar os dois suspeitos, devido a indícios que apontavam o envolvimento de ambos com o tráfico de drogas. “Passamos a investigar a conduta dos dois suspeitos e obtivemos informações de que o casal estaria envolvido com a mercancia de entorpecente na cidade e que, inclusive, estaria guardando substâncias entorpecentes em casa”, ressaltou.  

Diante das informações, os agentes deslocaram-se até o Setor, Bela Vista, onde ambos os suspeitos residem, sendo que Eduardo foi o primeiro a ser encontrado. Após buscas pessoais, os agentes encontraram em poder do indivíduo um revólver calibre 38, com três munições intactas. Dando sequência a ação, os policiais foram até à casa de Fabíola, onde localizaram e apreenderam cinco tabletes de maconha, os quais pesaram 5kg da droga, além de balança de precisão, aparelhos celulares e duas motocicletas.

Eduardo e Fabíola foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, sendo que o indivíduo também responderá por porte ilegal de arma de fogo. Após os procedimentos que a lei determina, Eduardo foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. Fabíola permanece na Central de Flagrantes à espera de vaga no sistema prisional feminino do Estado.

Para o delegado Rafael, ação desta sexta-feira, foi muito satisfatória, uma vez que cerca de 5kg de drogas foram apreendidos e não mais chegarão as mãos de micro traficantes e usuários de Gurupi. “As equipes da Deic/Sul estão trabalhando diuturnamente com o objetivo de reduzir as ações ilícitas e prender as pessoas que ainda se valem de expedientes criminosos para auferir vantagens”

O delegado ainda ressaltou que ambos os suspeitos já haviam sido presos, anteriormente, pelo mesmo crime e, agora, foram pegos novamente praticando o trafico de drogas. “Ficamos satisfeitos porque, através da prisão desses dois suspeitos, que já tinham passagem pela polícia, a droga que portavam não mais será revendida e consumida por usuários da cidade e isso é de fundamental importância, porque sabemos que o tráfico de drogas, muitas vezes leva a prática de outros crimes, enfatizou o delegado.