Saúde

Foto: Marcos Filho

Em Araguaína, a Campanha Outubro Rosa promovida pela Prefeitura de Araguaína, com orientações de saúde e prevenção do câncer de colo uterino e mama, levou orientações para 1.326 mulheres. As ações foram promovidas nas unidades básicas de saúde (UBS) e no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS/AD).

Entre os serviços de saúde ofertados, por meio da Secretaria da Saúde, em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), estão exame clínico das mamas, educação em saúde, requisição de mamografias e coleta de exame Papanicolau, este último, também foi realizado para pacientes femininas do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPS/AD) em parceria com o Laboratório do Trabalhador.

De acordo com a coordenadora da área técnica da Saúde da Mulher da Secretaria Municipal da Saúde, Antônia Macedo, as ações da campanha são importantes armas para prevenção do câncer de colo uterino e mama.

A coordenadora acrescentou que as ações trabalham a educação para o autocuidado, primeiro e mais importante passo para a prevenção desses cânceres, sobretudo de mama. “Além de realizar a prevenção secundária que é a oferta de exames de rastreamento. Tivemos uma boa adesão, mas ainda precisamos evoluir muito, pois muitos pensam q ações como essa são restritas a mulheres com risco elevado, o que não é e deve alcançar todos os gêneros e idades”, ressaltou.

Outubro Rosa

Com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama registra 25% dos casos anuais de câncer no Brasil. O instituto estima que o número de novos casos deva ficar muito próximo a 58 mil em todo o País, com óbitos acima de 14 mil.