Polí­cia

Foto: Divulgação

A vereadora Neiva Gomes de Alencar, conhecida como irmã Neiva, é suspeita de invadir, armada, a Prefeitura de Crixás do Tocantins, no sul do Estado, e obrigar a secretária de finanças a transferir R$ 40 mil para um conta de particular. O caso foi noticiado na manhã desta terça-feira, 1° de novembro, na imprensa nacional 

Tudo teria acontecido na última sexta-feira, 28, quando a vereadora teria invadido a Prefeitura, obrigando a secretária de finanças a realizar a transferência eletrônica, saldo disponível na conta bancária do município de Crixás - R$ 40 mil. O valor teria ido para a conta bancária de outro político, o vereador em Santa Rita do Tocantins, Hilton Pereira Pinto. Os dois vereadores estão foragidos, sendo procurados pela Polícia. 

Neiva foi candidata a vice-prefeita de Crixás na chapa do atual prefeito da cidade, Gean Ricardo Mendes Silva, que não foi reeleito. 

A Prefeitura e escolas municipais ficaram sem energia por falta de pagamento de faturas, já que o caixa foi zerado, segundo o prefeito.