Economia

Foto: Divulgação Clique na imagem para ampliar Clique na imagem para ampliar

A bandeira tarifária de energia passou a ser amarela em novembro e significa que, a cada 100 kWh, o consumidor vai pagar R$ 1,50 à mais na conta de energia. Esse custo adicional é determinado pela ANEEL, Governo Federal, e vale para todo o País, com exceção dos estados do Amazonas, Amapá e Roraima - pois estes estados ainda não estão interligados com o sistema nacional de energia elétrica. A Aneel aponta que o consumidor deve atentar então, para a mudança de hábitos na hora do uso da eletricidade. 

Algumas mudanças na rotina poderão poupar muita energia elétrica no fim do mês, uma das soluções é evitar os maiores vilões na conta de energia. No ranking dos aparelhos que, se usados de maneira indevida, são vilões da conta de energia, estão os aparelhos que ficam sempre na tomada em stand by e podem representar cerca de10% a 20% da conta de energia.

Segundo informação da Companhia Energética do Maranhão (CEMAR), geladeiras em más condições podem ser responsáveis por até70%da conta de luz. Fuga de energia pode representar até 30% da conta de energia.

O chuveiro elétrico é um dos maiores vilões do consumo doméstico de energia. Os modelos mais comuns consomem, em média, por hora de uso, até 7,5 kWh na posição inverno e até 3,5 kWh na posição verão.

O ferro elétrico, se não for usado adequadamente, se torna um vilão no consumo de energia elétrica. Só para se ter uma ideia, se ele ficar ligado1 hora por dia, no final do mês, ele será responsável por 36 kWh na conta de energia.

Evite o susto

Para não levar um susto nas próximas contas de energia, alguns cuidados para economizar devem se tomados, o técnico de segurança da Companhia Energética do Maranhão, Marcos Tullio, elenca algumas precauções necessárias para economizar energia “Algumas atitudes dentro de casa refletem no valor da conta de energia. Para evitar que as pessoas da sua casa abram e fechem a geladeira a todo instante, coloque uma garrafa com água gelada em cima da mesa. A geladeira corresponde a 30% do consumo da residência. Outra dica é: Não colocar geladeira ao lado do fogão, pois o calor do fogo fará com que a geladeira trabalhe mais, e também não colocar roupas molhadas para secarem na parte traseira, pois além de fazer com que puxe mais energia, isto pode causar sérios acidentes. São pequenos hábitos que fazem toda diferença no final do mês”, diz.

Fuga de energia 

Uma das causas mais comuns do aumento na conta é a “fuga” de energia, que pode representar até 30% do consumo no mês. Para descobrir se há uma fuga de energia em casa, basta o consumidor desligar a iluminação e todos os equipamentos de tomadas e logo após verificar se o medidor continuar girando.

As bandeiras tarifárias foram criadas pela Aneel com o objetivo de sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia.

Por: Redação

Tags: ANEEL, Cemar, Energia Elétrica, Governo Federal