Cidades

Foto: Lúcia Brito

Para incentivar o cultivo de hortaliças, temperos e frutas em espaços urbanos, o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) realiza em Natividade, a 230 km de Palmas, o projeto Quintal Verde, inédito no município. 

De acordo com o extensionista Marcos Tadeu Borges de Oliveira, gerente do escritório local, o alvo dessa iniciativa é composto por famílias de baixa renda, como forma de melhorar a qualidade da alimentação e diversificar a renda familiar. “A ideia é fazer com que as famílias saibam aproveitar os espaços, nos quintais das casas e em áreas vazias da cidade, para a montagem de hortas caseiras, melhorando assim a qualidade de vida das pessoas. Estamos executando o projeto com as famílias de baixa renda, para que possam melhorar o padrão alimentar e promover a geração de renda , pois o excedente da produção poderá ser vendido no comércio local ou na própria horta”, avaliou o extensionista, ressaltando que, para tocar o projeto, o Ruraltins vem buscando diversas parcerias. 

O casal, Alvecino Rodrigues Pinheiro e Márcia Araújo Borges Pinheiro, aderiu ao projeto e o quintal da casa vem sendo preparado. No local, boa parte dos canteiros já está pronta para receber as primeiras mudas. “Como não temos experiência com o cultivo, recebemos todo tipo de apoio do Ruraltins, como assistência técnica para preparar os canteiros, auxílio na aquisição de sementes e adubos, além de orientações na hora do plantio. Acreditamos que, dentro de 30 a 60 dias, a horta já esteja dando retorno”, reforçou. 

Nas hortas, serão produzidas rúcula, alface, coentro, cebolinha, abobrinha, beterraba, rabanete, dentre outros alimentos.

Objetivo 

O projeto Quintal Verde tem como objetivo contribuir para a melhoria do padrão alimentar das famílias tocantinenses, sejam elas rurais ou urbanas, com a produção de verduras, leguminosas, hortaliças e frutas.