Polí­tica

Foto: Divulgação Deputada Amália Santana e o prefeito José Santana em audiência com o secretário da Fazenda Paulo Antenor Deputada Amália Santana e o prefeito José Santana em audiência com o secretário da Fazenda Paulo Antenor

Com articulação da deputada Amália Santana, a Secretaria de Estado da Fazenda recebe solicitação da permanência da Delegacia Fiscal na cidade de Colinas do Tocantins. Em audiência nesta semana com o secretário da Fazenda, Paulo Antenor, foi reivindicado a continuação dos serviços da Delegacia Fiscal. O órgão atende á toda comunidade da macrorregião de Colinas do Tocantins.

Segundo a deputada, com o possível fechamento da unidade ela acarretará aos munícipes sérios prejuízos e dificultará a relação dos contribuintes com o sistema de arrecadação estadual. Presente na reunião o prefeito de Colinas do Tocantins, José Santana Neto (PT), avaliou que a medida vai a contramão do processo de recuperação nacional do país e principalmente o Tocantins, “Necessitamos desta unidade local, porque a não permanência fará com que os contribuintes tenham que se deslocar para cidades vizinhas para serem atendidos e isso gera custo e entraves aos usuários da Delegacia", disse. 

De acordo com a parlamentar, intermediadora da solicitação, a Sefaz deve rever essa situação para que não ocasione sérios transtornos a população que atende a esta macrorregião, “Esse nosso pleito se deve para que os contribuintes, não possam ser prejudicados e por isso precisamos da permanência da Delegacia”, afirmou. 

Por sua vez o secretário Paulo Antenor garantiu que estudará a solicitação e que dará uma resposta ao pedido nos próximos dias para a população do município de Colinas.