Cultura

Foto: Franklin de Freitas

Com mais 20 milhões de visualizações no Youtube, o humorista Gustavo Mendes, intérprete da ex-presidente Brasil, Dilma Rousseff, se transformou num fenômeno nas redes sociais. Além do personagem e do sucesso em diversos programação da TV, ele circula pelo mundo com shows de stand yp comedy. Ele estará em Palmas/TO, na próxima sexta e sábado, 18 e 19, com o show "Atrevido", às 21 horas, no Teatro Fernanda Montenegro. A produção local é da EMI Produções e os ingressos antecipados já estão à venda no site "Tô no Lucro" (www.tonolucro.com.br) e na loja Óticas Carol (Av. JK e Av. Theotônio Segurado). A classificação é de 14 anos.

Em "Atrevido", Gustavo Mendes mostra um artista mais maduro, com uma carreira solidificada e muitas histórias pra contar. Pode-se dizer que em "Atrevido", ele quase se assume como um missionário da comédia, interagindo com personagens que por meio de um telão interferem no show, e com o público com muita intensidade. Além dos personagens icônicos, Gustavo também vai interagir com outras entidades mais diretamente presentes na sua vida: sua mãe, seu analista, alguns dos seus amores, e pessoas comuns que querem saber da sua vida, dar dicas e sugerir caminhos.

O show tem a parceria de textos com Gueminho Bernardes, o autor dos vídeos da Dilma no Parafernalha e do canal de Gustavo.

De acordo com o humorista, a intensidade é a marca do novo trabalho. Vamos ver um Gustavo que já conhece os atalhos do palco, que sabe a hora de gritar e a hora do silêncio. "Mas que ninguém pense que faltarão os elementos que cativaram uma legião de fãs por todo o país: tem Dilma? Sim. Tem música? Muita música. Imitações? Claro! Porém, tudo num novo ambiente, autoral, com uma nova cara e principalmente, uma nova alma", adianta.  

Atrevido

Todo mundo sabe que Gustavo Mendes é atrevido, desassossegado e totalmente inquieto. Seu show "Mais que Dilmais" é um sucesso nacional, lotando grandes teatros por todo o país. Seus vídeos no Youtube batem recorde de visitas e likes. Basta que ele apareça na TV, mesmo como convidado, que a audiência dá picos.

Ele saiu da pacata Guarani, cidadezinha do interior da zona da mata mineira, com pouco mais de oito mil habitantes, com a certeza de ser grande como todos os ídolos que inspiraram sua carreira. Ele chegou lá? Ainda não! A presunção de ter atingido o cume é uma perigosa armadilha na vida de qualquer artista. E não tem nada que Gustavo goste menos que se sentir acomodado, repetitivo, realizado". Foi essa inquietação criativa, essa agitação, que fizeram com que ele tomasse uma atitude drástica: jogou fora seu show antigo e abriu à sua frente uma página em branco - É óbvio que isso mexe com as tripas de qualquer um.

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Gustavo Mendes