Cultura

Estão abertas e seguem até dezembro, as inscrições para o primeiro Prêmio Escritas Sociais. A proposta do concurso é incentivar a reflexão crítica sobre temas sociais entre estudantes tocantinenses do Ensino Médio e da graduação. Os interessados podem enviar até o dia 1º de dezembro o texto e documentação solicitada no edital através do e-mail c.sociais@uft.edu.br ou pessoalmente na coordenação do curso de Ciências Sociais do Câmpus de Porto Nacional.

O professor do curso de Ciências Sociais, Marcelo Brice, explica que o concurso  preenche uma lacuna existente no Tocantins para um debate mais denso e aprofundado sobre temas sociais. “É possível notar que no Estado e no País vivemos um momento de muita manchete e pouca discussão, e isso  se deve pelo processo atual em que estamos de receber notícias com muita rapidez e em grande quantidade", ressaltou. Brice pontua, ainda, que o prêmio é uma forma de aproximar a Universidade com a sociedade.

Nesta primeira edição, o evento homenageará o importante intelectual brasileiro Alberto Guerreiro Ramos, figura de grande relevância das Ciências Sociais. A comissão avaliadora será composta por professores do curso e convidados. O resultado será divulgado no dia 12 de dezembro deste ano.

Tema e formato dos trabalhos submetidos 

Os trabalhos devem envolver o tema “Democracia e Direitos Sociais”. Os textos apresentados para o I Prêmio “Escritas Sociais” devem ter os seguintes formatos de acordo com as categorias: a) Categoria graduando: Texto dissertativo de três a setes páginas; b) Categoria Ensino Médio: Texto dissertativo de até três páginas.

Para as duas categorias os textos devem ser digitados e formatados em tamanho A4, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5, com margens de 2,5 cm, páginas numeradas e notas de rodapé ao final de cada página.

Premiação

a) Categoria Graduando:

- 1º Lugar: R$ 626,00

- 2º Lugar: R$ 326,00

- 3º Lugar: R$ 126,00

b) Categoria Ensino Médio:

- 1º Lugar: R$ 426,00

- 2º Lugar: R$ 176,00

- 3º Lugar: R$ 116,00