Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante a sessão desta quinta-feira, 17, o vereador professor Junior Geo (PROS), nas atribuições de suas funções, cobrou novamente da Prefeitura de Palmas a alteração do uso do solo e incorporação da Avenida LO 05-A ao patrimônio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins - IFTO. Segundo o parlamentar, a avenida precisa de reparos e por ser área municipal “o IFTO não tem autonomia para fazer o recapeamento da AV LO 05-A. O município não faz o recapeamento e a rua está esburacada”, explicou Geo. 

Para Junior Geo os reparos e a manutenção avenida melhoram o atendimento aos funcionários e estudantes da instituição. “ É uma forma de garantir a segurança da comunidade acadêmica e melhor funcionamento do campus Palmas”, esclareceu o vereador. 

Geo também argumentou que “o governo federal tem interesse em fazer esses reparos mas precisa que a área municipal seja doada à União”.  Conforme o vereador, essa solicitação foi 

feita ainda no ano de 2013, mas como não recebeu resposta reiterou a cobrança. 

Entenda

De acordo com o ofício nº 060/2013 – GAB/Campus Palmas/IFTO, o Governo do Estado do Tocantins realizou a doação ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins – IFTO da quadra situada em frente a sua sede no campus Palmas, razão pela qual a avenida LO 05- A passou a integrar a área que agora pertence à referida instituição. 

Posteriormente, considerando a manifestação favorável da Agência Municipal de Trânsito e Transportes – AMTT, da Agência Municipal de Desenvolvimento Urbano – AMDU e da Advocacia Geral do Município de Palmas no processo nº 4010037/2004, foi procedida a interdição/desafetação da avenida LO 05-A. Vale destacar que a maioria dos veículos que trafegam nessa Avenida são de servidores do IFTO, portanto, o desvio do fluxo de veículos da avenida LO 05-A para a avenida LO 05 não prejudicaria o trânsito da região

Por: Redação

Tags: Atividade Parlamentar, IFTO, Júnior Geo, PROS