Araguaína

Foto: Marcos Filho

Agora o sonho da casa própria ficou mais perto para as 146 famílias que foram beneficiadas com a assinatura de contato do Residencial Lago Azul 4, em Araguaína. As assinaturas, com presença de representantes da Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Habitação e Caixa Econômica Federal (CEF), aconteceram na manhã de hoje, 25, no pátio da secretaria.

De acordo com o superintendente da Habitação, Danilo Leite, para completar as mil famílias beneficiárias que vão receber as casas estão faltando 208 nomes para serem validados pela CEF para finalizar todo o processo. “Nesta etapa são 1.000 casas construídas. E assim que as 208 que faltam assinar o contrato e participar do sorteio de endereços acontecerá a vistoria e entrega dos imóveis e esta etapa restante deve ser finalizada até a segunda quinzena de janeiro de 2017”, destacou.

Beneficiários

Mãe de dois filhos, sem esposo e desempregada, Cristiane Leite, de 28 anos era só alegria. “Eu nem estou acreditando, agora vou ter meu cantinho e para pagar a parcela posso fazer algo em casa mesmo como crochê para vender, é um sonho realizado”, disse.

Já Lucivânia Maria da Conceição e Edvaldo Guilherme Feitosa assinaram juntos o contrato. “Um passo importante para nós. Tivemos algumas pendências no contrato, mas foram regularizadas e agora estamos há um passo de entrar para dentro da nossa casa”, destacou Lucivânia.

Habitação

Araguaína possui o segundo maior programa habitacional da região Norte do Brasil. Ao todo, são 7.115 unidades, beneficiando mais de 20 mil pessoas.

 Do total de imóveis, 2.530 ficam localizados no Residencial Lago Azul - etapas I, III e IV, destas já foram entregues 1.530 casas. No Construindo Sonhos são 416 imóveis e no Costa Esmeralda 1.788 todas também já entregues às famílias.

O Residencial Parque do Lago, voltado para as famílias cuja renda se encaixe na Faixa 2 do Programa Minha Casa Minha Vida, contará com 881 imóveis.

Outras 500 casas serão iniciadas no Residencial Primavera. Em recente viagem a Brasília, o prefeito Ronaldo Dimas garantiu recurso para a construção de outras mil casas.