Estado

Foto: Rondinelli Ribeiro

O Núcleo de Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Poder Judiciário do Tocantins realizou 3.409 audiências durante a 11ª Semana Nacional da Conciliação, de 21 a 25 de novembro de 2016, em todas as comarcas do Estado, gerando R$ 11.955.032,70 em acordos.

No âmbito do 2º Grau, o Tribunal de Justiça do Tocantins designou 551 audiências para a Semana Nacional de Conciliação. Destas, foram realizadas 192, com 34 acordos exitosos (17%), num total de R$ 996.625,87.

Dentro da média esperada, segundo a coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), juíza Umbelina Lopes Pereira, “especialmente porque em grau de recurso a espiral do conflito já está formada. Foi muito positiva a ação no TJ, nesse momento de mudança de cultura, esforço pela resolução consensual de conflitos”.

A magistrada afirma que “o balanço geral é positivo, inclusive com audiências de conciliação em processos em grau de recurso, durante a semana nacional da conciliação, movimentando vários setores do TJ, desembargadores, conciliadores e servidores, todos trabalhando pela disseminação da cultura da paz, oportunizando as partes solucionarem de forma amigável seus conflitos”.

A coordenadora da Semana Nacional da Conciliação no Tocantins disse também que os advogados estavam colaborativos, preocupados em resolver os problemas de seus clientes da melhor forma. “A experiência foi bastante positiva para o Nupemec e norteará os próximos passos da política de tratamento adequado de conflitos do poder judiciário tocantinense” finalizou.