Cultura

Foto: Divulgação

A Cia Art’Sacra abre inscrições para o recrutamento da Paixão de Cristo 2017. As inscrições para técnicos, produção, atores e figurantes são gratuitas e já estão abertas pelo site oficial da Art'Sacra - www.artsacra.com -, no link Paixão de Cristo 2017. A seleção acontecerá no dia 7 de janeiro, das 17 às 20 horas, no Centro Amor Social Papa Francisco (1104 Sul), em Palmas. De acordo com o presidente da Cia Art’Sacra e diretor do espetáculo, Valdeir Santana, podem participar atores e não-atores, de qualquer idade e não é necessária experiência na área.

Os testes de elenco acontecerão por meio de exercícios, dinâmicas de teatro e leitura do texto, encaminhado a todos que já realizaram a inscrição. Com exceção de Jesus, todos os personagens estão abertos para escolha, como Maria, Maria Madalena, João Batista, Judas, Pedro, Pilatos, Verônica e Salomé; entre outros. Durante o período de montagem, os atores receberão preparação corporal, interpretação, impostação da voz, improvisação e criação de personagem.

Espetáculo

A Paixão de Cristo 2017 vai acontecer no dia 14 de abril de 2017 e estima-se a participação de 500 voluntários no evento, dentre atores, produção e equipe técnica. O roteiro da próxima edição do tradicional espetáculo já foi finalizado e teve como roteirista o ator Gleyston Galindo, que há 11 anos interpreta Jesus Cristo na Art’Sacra. Segundo ele, além de fragmentos marcantes e emocionantes da história bíblica, algumas cenas foram especialmente criadas com foco na atualidade.

História

 A Cia foi fundada em 16 de maio de 2005 por um grupo de jovens apaixonados pelo teatro e que sempre atuavam nas apresentações sacras onde dramatizavam passagens dos Evangelhos e outras temáticas para reflexões litúrgicas e formações sócio-educativas na Paróquia Dom Orione, em Palmas. A Cia recebeu o reconhecimento do poder público estadual, através da Fundação Cultural do Estado do Tocantins em maio de 2010, que concedeu ao espetáculo teatral sacro da Paixão de Cristo, evento Cultural do Estado, pelos seus trabalhos realizados na área de teatro e formação. Tal reconhecimento ressalta a sua importância na sociedade como uma entidade que fomenta a cultura sacra e popular e colabora desta forma com a formação cultural do Estado do Tocantins.