Estado

Foto: Divulgação

A senadora Kátia Abreu (PMDB) anunciou a prefeitos do Estado esta semana que já está organizado, do ponto de vista técnico, um projeto para auxiliar os municípios no combate à seca. Os recursos serão viabilizados via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a fundo perdido, oriundos da Dinamarca. Serão recursos captados nos fundos soberanos que investem na Amazônia.

Conforme a senadora Kátia Abreu, o projeto terá como estratégia a perenização dos rios e a perfuração de poços artesianos. Os estudos detalhados da Agência Nacional de Águas (ANA) irão instrumentalizar a identificação de quais os rios que deverão ser perenizados.

A expectativa da senadora Kátia Abreu é que os recursos sejam liberados em 2017 e serão aplicados via consórcios, a exemplo dos consórcios que a parlamentar tem fomentado a criação nos municípios do Estado. “Os investimentos não necessitam de contrapartida do governo do Estado, será a primeira iniciativa do gênero no Brasil”, afirma a senadora.