Polí­cia

Foto: Divulgação Operação Boas Festas leva o efetivo administrativo para as ruas Operação Boas Festas leva o efetivo administrativo para as ruas

Com o objetivo de garantir segurança e tranquilidade da população durante as festividades de final de ano, a Polícia Militar iniciou na manhã desta quinta-feira, 8, a Operação “Boas Festas” em todo o Estado do Tocantins. A operação se estenderá até o dia 2 de janeiro de 2017, com emprego dos meios e efetivo necessários para desenvolvimento do policiamento ostensivo, preventivo e repressivo, em regime ordinário e extraordinário, procedendo à presença operacional em áreas comerciais de grande fluxo de pessoas. 

Os policiais que atuam no serviço administrativo das unidades serão deslocados para reforçar o efetivo operacional já existente, garantindo ainda mais tranquilidade com acréscimo destes policiais nas ruas. As unidades especializadas da PM também participam da operação e aumentam o contingente empregado.

O comandante geral esclarece que todo esforço por parte da PM será feito para que a comunidade tenha total segurança nas comemorações de fim de ano. “Estamos empregando todos os meios, dentro de nossas possibilidades, para que assim como acontece todos os anos, nossa população possa celebrar de forma tranquila essas festividades. Nossos dedicados policiais militares tem se esforçado para cumprir da melhor forma sua missão de proporcionar boas festas em todo Tocantins. Destacamos também o apoio dos demais órgãos relacionados ao sistema de segurança pública que estarão envolvidos nessa operação”, destacou coronel Glauber.

Durante a operação serão realizadas abordagens policiais a pessoas suspeitas, bloqueios nas vias de acesso às cidades, quando necessário, coibindo ações ilegais de delinquentes, visando à manutenção da ordem, a tranquilidade, a paz pública e a garantia do pleno exercício da cidadania. A PM realizará ainda ações educativas, orientando as pessoas com relação ao modo de proceder-se no trânsito, e também quanto às medidas de segurança dos proprietários de residências em caso de viagem. As áreas comerciais das cidades também receberão atenção especial em virtude do grande fluxo de pessoas gerado no período.