Palmas

Foto: Valério Zelaya

Aproximadamente 300 funcionários da empresa Valor Ambiental, responsáveis pela limpeza pública de Palmas/TO, estão em paralisação desde a manhã desta última segunda-feira, 12, convocada pelo Sindicato Dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação Ambiental e Publica do Estado do Tocantins (Sintecap). Segundo informações repassadas ao Conexão Tocantins do Sintecap, Maria Dalva Diogo de Souza, 70 % dos trabalhadores da área estão sem trabalhar pela falta de pagamento do salário de novembro e da primeira parcela do 13°, que deveria ser paga até o dia 30 do mês passado. 

De acordo com Maria Dalva, foi encaminhado ainda ontem comunicado a empresa Valor Ambiental, dando prazo de 48 horas para resolver o impasse. "Mas por enquanto nenhum posicionamento, estão com dificuldade de receber da Prefeitura (de Palmas) e esperam receber para fazer o pagamento", disse. Maria informou que a greve continuará até o pagamento dos servidores. "Por tempo indeterminado, até receber!", frisou. 

Nesta terça-feira pela manhã, funcionários da limpeza fizeram manifesto na frente da sede da empresa Valor Ambiental. Eles estavam com faixas, cartazes. 

Em nota, a empresa Valor Ambiental, contratada pela Prefeitura de Palmas, informa: "infelizmente nossos recebimentos de faturas emitidas relativo aos serviços executados estão pendentes, sendo que, a última fatura recebida refere-se julho/2016 estando em aberto as faturas dos meses de agosto, setembro, outubro e novembro/2016 e valor parcial das faturas de janeiro e fevereiro/2016, o que ocasionou atraso do pagamento salarial de nossos funcionários referente à competência 11/2016". 

A empresa frisa que está com atraso salarial de seus funcionários apenas do mês de novembro/2016. Sendo que pagamentos anteriores foram efetuados com recursos próprios, mantendo assim em dia as obrigações trabalhistas". 

Confira abaixo nota na íntegra da Valor Ambiental.

Nota de Esclarecimento 

A Valor Ambiental LTDA. em respeito à população Palmenses vem por meio desta esclarecer a paralisação dos serviços de limpeza urbana (coleta de lixo domiciliar e varrição de vias) iniciada na ultima segunda-feira dia 12/12/2016. 

Informamos que a paralisação foi convocada pelo Sindicado dos Trabalhadores em Empresas de Asseio e Conservação Ambiental e Pública do Estado do Tocantins – Sintecap/TO. 

Informamos ainda que infelizmente nossos recebimentos de faturas emitidas relativo aos serviços executados estão pendentes, sendo que, a ultima fatura recebida refere-se julho/2016 estando em aberto as faturas dos meses de agosto, setembro, outubro e novembro/2016 e valor parcial das faturas de janeiro e fevereiro/2016, o que ocasionou atraso do pagamento salarial de nossos funcionários referente à competência 11/2016. 

Cabe frisar que a empresa está com atraso salarial de seus funcionários apenas do mês de novembro/2016, sendo que pagamentos anteriores foram efetuados com recursos próprios, mantendo assim em dia as obrigações trabalhistas.