Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nesta quarta-feira, 28, Maurivan C. L., de 32 anos, suspeito do crime de ocultação de cadáver, no município de Pedro Afonso. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima é Manoel Alves da Costa, de 84 anos, que teve o corpo encontrado por crianças que brincavam em uma área verde na cidade de Pedro Afonso. A partir daí, uma equipe de policiais, coordenada pelo delegado Marco Aurélio Barbosa Lima, começou a investigar o caso e prendeu o suspeito.

De acordo com a Polícia Civil, Maurivan teria discutido com o idoso na frente de uma igreja, no sábado, 24, pois queria que ele lhe emprestasse dinheiro para tomar cerveja. Diante da recusa da vítima, o suspeito teria pegado um pedaço de madeira e desferido pauladas enquanto Manoel, que era tio do suspeito, estava de costas. Posteriormente, Maurivan teria tirado toda a roupa do idoso, que estava desacordado, e teria roubado R$ 100,00 do bolso da calça da vítima. O suspeito teria ainda ocultado o corpo ao jogá-lo em uma vala localizada atrás de uma igreja evangélica, que fica na Rua da Liberdade, no Setor Santo Afonso.

Conforme o delegado, Maurivan teria contado no interrogatório que gastou o dinheiro tomando cerveja em bares da cidade. O suspeito também teria indicado onde jogou o pedaço de madeira usado no crime e as roupas do idoso, que não foram encontradas pelos agentes de polícia.

Segundo a Polícia Civil, Maurivan foi preso em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver e responderá ainda pelo crime de latrocínio, pois ficou evidenciado que a intenção do autor era matar para roubar o dinheiro da vítima. O crime de ocultação de cadáver tem pena de até três anos de cadeia e o delito de latrocínio de até 30 anos de reclusão.

Por: Redação

Tags: Pedro Afonso, Polícia, Polícia Civil