Saúde

Foto: Luciana Barros Diretora aponta avanços da unidade Diretora aponta avanços da unidade

“No meio da dificuldade, encontra - se oportunidade”. A frase de Albert Einsteiné inspiração para a equipe do Hospital Regional de Augustinópolis (HRA), que finalizou 2016 cumprindo o dever de casa, atendendo as necessidades dos usuários do SUS com dedicação e humanização. Nos últimos 10 meses foram aproximadamente 50 mil atendimentos entre ambulatoriais e de urgência e emergência.

Os atendimentos resultaram em cerca de 6 mil internações, 3 mil cirurgias e 1.500 partos, números que segundo a diretora geral da unidade, Cristiane Costa Uchoa, são expressivos e demonstram a importância do hospital para a região referenciada. “Os números mostram o compromisso da equipe multidisciplinar que temos aqui e de todo o pessoal do administrativo que também não mede esforço para solução dos problemas que surgem”, ressaltou.

Em 2017, a diretora destacou que a meta é continuar atendendo da melhor forma possível. “Também queremos cumprir as pactuações em consultas, exames, avaliações e cirurgias eletivas e implementar as técnicas de governança na gestão  da unidade hospitalar. Aliado a isso, temos como meta prestar assistência  integral, humanizada  e  de qualidade aos nossos usuários com  valores éticos, compromisso e responsabilidade social”, disse.

Obra

A obra de ampliação do Hospital Regional de Augustinópolis está em fase avançada. A reforma do antigo prédio já foi concluída e entregue pelo governador Marcelo Miranda, dia 16 de abril deste ano. Agora é a vez da ampliação.

O primeiro dos quatro anexos da nova maternidade já está com sua estrutura física levantada, coberta e as paredes com massa corrida. O hospital é referência para 25 municípios do Tocantins, além de atender a região sul do Pará. A área de construção é de 7.561,55 m². As obras do Hospital estão orçadas em R$ 19.065.057,00.

Com a construção da maternidade o hospital passará de 109 para 200 leitos, sem contar com os dez leitos da nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além da maternidade, os serviços estão sendo concentrados na construção de uma nova UTI, um bloco administrativo e uma Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) exclusiva para os dejetos hospitalares.

UTI

Antes, sem UTI, o hospital tinha apenas unidade de cuidados especiais (UCI). Portanto, esta será a primeira UTI na região do Bico do Papagaio. A construção da primeira UTI no Bico do Papagaio, contendo 10 leitos, sendo nove destinados à UTI geral e um à UTI de isolamento, no HRA, estão adequados às normas da Vigilância Sanitária. A cobertura interna foi feita com gesso acartonado e a externa com telhas isotérmicas, que impedem a entrada de barulho e ainda reflete o calor do sol e alta temperatura.

O HRA

O Hospital Regional de Augustinópolis é referência para 25 municípios: Aguiarnópolis, Ananás, Angico, Araguatins, Augustinópolis, Axixá, Buriti, Cachoeirinha, Carrasco Bonito, Darcinópolis, Esperantina, Itaguatins, Luzinópolis, Maurilândia, Mosquito, Nazaré, Praia Norte, Riachinho, Sampaio, Santa Tereza do Tocantins, São Bento do Tocantins, São Miguel do Tocantins, São Sebastião do Tocantins, Sitio Novo do Tocantins, Tocantinópolis.

A unidade conta com as especialidades e serviços de enfermagem, fisioterapia, farmácia, nutrição, fonoaudiologia, odontologia, terapia ocupacional, endoscopia, serviço social, clínico geral, neurologia, otorrinolaringologia, pediatria, cardiologia, endocrinologia, mastologia, urologia, raio-x, ultrassonografia, laboratório e endoscopia.