Polí­cia

Foto: Divulgação Objetos apreendidos no Presídio Agrícola Luz do Amanhã, em Cariri Objetos apreendidos no Presídio Agrícola Luz do Amanhã, em Cariri

A Secretaria Estadual de Cidadania e Justiça do Tocantins (Seciju), realiza na manhã desta segunda-feira, 9, revistas nos presídios de Palmas, Araguaína e Cariri, maiores unidades prisionais do Estado. Equipes da Polícia Militar e Civil, estão dando apoio. 

Depois de terminadas as revistas, a Seciju divulgará um boletim completo informando todos os procedimentos e materiais apreendidos. Nas vistoriam costumam ser apreendidos celulares e armas de fabricação caseira.

O ano de 2017 iniciou com a apresentação de problemas nos presídios do País. Em Manaus, capital do Amazonas, mais de 60 detentos foram mortos em rebelião dos presidiários. Em Roraima, 33 presos foram assassinados no último dia 6

No Tocantins, a Polícia Federal recomendou o encerramento por parte do Governo do Estado, de contrato com a empresa Umanizzare, que administra dois presídios importantes no Estado - a Casa de Prisão Provisória de Palmas e a Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota, em Araguaína. A empresa estaria agindo de maneira irregular e suas atividades estão relacionadas à segurança privada.