Meio Ambiente

Foto: Elcio Dias

Com objetivo de discutir as próximas etapas do Projeto de elaboração do Plano de Zoneamento Ecológico-Econômico – ZEE do Estado do Tocantins e os produtos entregues nas fases anteriores, os técnicos da Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan) e os consultores do Consórcio contratado para a elaboração, se reúnem-se até esta sexta-feira, 13, na Secretaria. 

Segundo o responsável técnico pela condução do ZEE, na Seplan, Rodrigo Sabino dentre os produtos entregues até o momento pelo consórcio, destacam-se a compartimentação das unidades de paisagem, o diagnóstico do espaço geográfico, abrangendo questões ambientais e socioeconômicas, os cenários e as tendências de desenvolvimento do Tocantins. Rodrigo Sabino explica o que são estes produtos. “Apresentam dados inéditos e análises atuais, fundamentais ao estabelecimento de diretrizes para a proposta de ordenamento territorial que será discutida com a sociedade ao longo deste ano ”.

De acordo com Sabino, este ano haverá também um delineamento mais específico das atividades a serem desenvolvidas nos próximos meses, que contemplarão a definição de uma proposta preliminar de Zoneamento Ecológico-Econômico para todo o Estado do Tocantins, bem como a participação da sociedade civil organizada no processo de construção e aprovação do documento. 

A atualização e extensão do ZEE no Tocantins  está sendo desenvolvida por um consórcio formado pelas empresas Senografia Ltda, Detzel Consultores Associados S/S EPP e Hardt Planejamento e Consultoria Ltda. 

Os trabalhos iniciaram em 2015, com previsão de entrega de 19 produtos, desenvolvidos por meio do Contrato nº11/2015, no âmbito do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).