Ciência & Tecnologia

Foto: Divulgação

O Projeto Hackatruck finaliza nesta sexta-feira, 20, as atividades no Câmpus de Palmas da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Para comemorar os resultados alcançados, os alunos do curso de Desenvolvimento de Aplicativos apresentarão seus projetos.

Os projetos de apps foram criados para atender necessidades específicas de determinados públicos. O aplicativo desenvolvido pelo estudante de Ciência da Computação da UFT, Thiago Baltazar, é um exemplo disso. Esse app soluciona a adoção de animais. Com o nome de Happy Pets, o aplicativo funcionará de forma que o usuário possa cadastrar animais para adoção e outros usuários que estão à procura para adoção. Segundo o Baltazar, o app contará com fotos, descrição e endereço para facilitar o processo de adoção.

Entenda

O curso atendeu não apenas os universitários da UFT. O projeto também abriu espaço para a comunidade externa, que teve a oportunidade de visitar e participar de palestras. O público interagiu com os equipamentos tecnológicos, como smartphones, lousas digitais, computadores, entre outros. 

O coordenador do curso de Ciência da Computação da UFT, Ary Henrique Morais, reforça que o Projeto Hackatruck foi uma oportunidade única para os participantes. “Os acadêmicos tiveram acesso às tecnologias específicas exigidas no mercado de trabalho. Isso os coloca em uma situação equivalente a outros estudantes e profissionais de regiões mais desenvolvidas”, disse.