Polí­tica

Foto: Wesley Silas

Durante a visita da vice-governadora Claudia Lélis, a Gurupi, na manhã desta última segunda-feira, 30, o vereador André Caixeta (PSB) entregou um ofício em que pede ao governador do Estado, Marcelo Miranda (PMDB), que dê continuidade, em caráter de urgência, às obras do Hospital Geral de Gurupi, que estão paradas desde agosto de 2016.

O vereador destaca que a comunidade gurupiense e de toda a região Sul do Tocantins sonham com o término da obra. “O atual prédio do Hospital Regional de Gurupi está sucateado e não suporta mais a demanda de atendimentos de Gurupi e região Sul, por isso é tão importante que essa obra seja concluída para que o povo receba um atendimento médico de mais qualidade” comenta. O vereador ainda lembra que a unidade hospitalar em Gurupi é referência para Estados vizinhos como Pará, Maranhão e Mato Grosso.

Ao receber o documento a vice-governadora explicou que foi necessário fazer um aditamento no contrato e que a assessoria jurídica está trabalhando para normalizá-lo e em seguida dar prosseguimento às obras.  

“Vamos dar a maior celeridade possível para a construção do Hospital Geral de Gurupi. O hospital tem este problema na primeira etapa que já está na análise jurídica e deve voltar no próximo mês. Vocês podem ter a certeza que eu vou levar ao conhecimento do governador essa cobrança que vai bem ao encontro das ideias dele”, disse a vice-governadora, completando que o Estado já possui verbas para a reforma do Pronto Socorro e da ala de traumatologia do Hospital Regional de Gurupi que foi autorizada durante a visita dela à unidade.

André Caixeta expôs que mesmo não sendo legislador estadual vai ficar atento ao prosseguimento dessa obra e cobrar, pois, a comunidade de Gurupi necessita muito da conclusão e funcionamento desse hospital. “O povo de Gurupi nos cobra e quem está enfermo não quer saber se a responsabilidade daquele atendimento que ele necessita é de competência do Estado ou do Município, mas sim, deseja o acolhimento”, ressaltou. 

O ofício foi subscrito pelos vereadores Ataíde Salgado (PSB), César da Farmácia (DEM) Cláudio do Trevo (PSB), Eduardo Fortes (PSDB), Ivanilson Marinho (PMDB), Jair Sousa (PMDB), Marílis Fernandes (PMDB), Mirian Lustosa, Sargento Jenilson (PRTB), (PMDB), Valdônio Rodrigues (PSB), Wendel Gomides (PDT) e Zezinho da Lafiche (PMDB).

O vereador André afirmou que esse requerimento será lido na primeira sessão de fevereiro.