Estado

Foto: Loise Maria

Em reunião extraordinária do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO), na manhã desta segunda-feira, 6, foram empossadas no cargo de subdefensora pública e corregedora-geral, respectivamente, as defensoras públicas Estellamaris Postal e Irisneide Ferreira dos Santos. A solenidade aconteceu na sala do Conselho Superior, na sede da Instituição em Palmas, e contou com a presença de membros e servidores da DPE-TO, além de familiares e amigos das defensoras empossadas. A abertura da cerimônia foi feita pelo Coral Canto Nobre, que homenageou as empossadas com a canção “Mulher de Hoje em Dia”.

Em discurso de posse, Irisneide agradeceu aos conselheiros e ao defensor público-geral pela confiança no bom desempenho da função e relembrou dos desafios do início da carreira. “É um momento muito especial, principalmente quando me recordo do início da minha carreira em Ananás, em 1994, com falta de energia, estrada, ponte, onde muitas vezes tive de viajar em caminhão ou ônibus que quebrava, mas o trabalho da Defensoria sempre foi muito forte e foi se desenvolvendo a partir daí com um sentimento de amor muito profundo nesta missão e hoje a tenho a Defensoria como a minha casa e a minha família”, disse.

Irisneide falou ainda que pretende trabalhar para apoiar os defensores públicos e servidores. “Aceitar essa missão na Corregedoria é uma nova experiência e a função de orientação aos servidores me chama muita atenção. Então, é uma missão nova para mim e abraço com o mesmo carinho que abracei quando decidi ser defensora”, disse a defensora, que já completa 22 anos de carreira. Ela foi eleita em sessão do Conselho Superior no dia 17/02 e atuará no biênio 2017/2019. Irisneide assume o cargo de corregedora-geral, anteriormente ocupado pela defensora pública Estellamaris Postal, que passa atuar como subdefensora pública.

Missão

A subdefensora pública-geral Estellamaris Postal discursou sobre a responsabilidade do cargo, frente aos desafios do contexto político-cultural no País e no Estado. “A crença na força do trabalho em equipe, na dedicação, no comprometimento instrumental valoroso, na luta do bom atendimento ao Assistido me permitem alavancar novas ideias e fortalecer outras, tarefas nas quais sempre prevalecem a boa vontade e união”, disse a subdefensora Pública-Geral, agradecendo aos pares por todo o apoio recebido durante a carreira e, em especial, no momento da nova função. Estellamaris Postal ingressou na Defensoria Pública do Tocantins em 1992, através de Concurso Público e efetivou-se na carreira em 94.

O defensor público-geral, Murilo da Costa Machado, desejou sucesso às empossadas e falou sobre os desafios do trabalho frente à Defensoria Pública do Tocantins para o próximo biênio. “Estamos encerrando hoje uma segunda etapa da transição dessa gestão e tenho certeza de que farão um excelente trabalho, colaborando com o crescimento da Instituição. Será uma gestão de dificuldades, mas faremos o possível e o impossível para que essa gestão não seja subtraída”, concluiu o defensor público-geral.