Esporte

Foto: Divulgação Joinvile só abriu o placar depois dos 40 minutos da etapa inicial e voltou a marcar no final da etapa complementar Joinvile só abriu o placar depois dos 40 minutos da etapa inicial e voltou a marcar no final da etapa complementar

Jogando com um jogador a menos, o Joinville sofreu, mas conseguiu vencer por 3 a 1 o Gurupi Esporte Clube, na noite dessa quarta-feira, 8, pela terceira fase da Copa do Brasil na Arena Joinville na cidade homônima. O time teve um jogador expulso aos 18 minutos da etapa final

Com a vitória, o JEC, como é conhecido o clube, abriu vantagem para o jogo de volta, que será realizado no Estádio Resendão em Gurupi/TO na próxima quarta-feira, 15. Apesar de dominar a primeira etapa e sair na frente, o time catarinense levou empate, em gol contra de Renan Teixeira nos acréscimos da primeira etapa. Os gols do JEC foram de Breno, Marlyson e Aldair, sendo que os dois últimos saíram do banco de reservas para garantir o placar favorável.

Com a derrota, para se classificar, o Gurupi precisa vencer o Joinvile no jogo de volta por uma diferença de 2 gols desde que não leve nenhum gol. Se a partida de volta terminar com placar idêntico ao jogo dessa quarta-feira, a disputa da vaga será decidida nos pênaltis.

Quem passar voltará a jogar pela Copa do Brasil apenas em abril, nos jogos da quarta fase que serão realizados entre os dias 5 e 19. Os confrontos da próxima fase serão definidos por sorteio.

A Partida

A partida teve a presença de pouco mais de 3 mil torcedores e foi marcada por muitas faltas e expulsões.
O Gurupi foi à campo com uma proposta de futebol ofensivo, mas que não progrediu devido aos erros de passes e depois dos 40 minutos da etapa inicial Breno arriscou de fora da área abrindo o placar para o JEC.

Quando a partida se encaminhava para o intervalo, uma bobeira do JEC gerou o gol contra de empate, feito por Renan Teixeira.

Já, na segunda etapa, o time catarinense voltou a marcar aos 40 minutos, quando Marylson girou sobre a marcação e chutou forte. Depois, de pênalti, Aldair ampliou, aos 47 minutos.