Economia

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Porto Nacional/TO reuniu-se com comerciantes que pretendem explorar barracas no período da temporada de praia do município, prevista para começar 30 de junho e encerrar 30 de julho.

Durante o encontro foram levantadas algumas pautas pertinentes a fim de reativar a estação turística do mês de julho na cidade e foi discutido com o secretário Arnaldo Bahia as melhorias da infraestrutura, incluindo limpeza, cuidados com o meio ambiente, readequação da iluminação, rede de água e de esgoto, entre outros. Também foi discutido a organização da temporada no Distrito de Luzimangues.

Para o secretário Arnaldo Bahia, o fortalecimento do diálogo junto aos barraqueiros, além de identificar as necessidades, é o pontapé inicial para construir em conjunto um projeto de turismo permanente para atração e manutenção do fluxo turístico no local, fazendo com que Porto Nacional retome o seu lugar de destaque na temporada de praias do Tocantins.

Após ouvir todas as demandas, o secretário falou um pouco sobre as perspectivas do Projeto Verão recém-apresentado pela Secult na Prefeitura de Porto Nacional para o prefeito e secretários. Um ponto chave do projeto está a parceria de todas as secretarias em promover nesta temporada de praia, ações integradas para ocupar as praias de Porto Real e Luzimangues todos os finais de semana do mês de julho.

“Seguindo recomendação do prefeito Joaquim Maia, para que haja uma mudança qualitativa no cenário cultural e turístico da cidade, teremos a participação agora de todas as secretarias com suas ações integradas à Secult, conforme segmentos da área, tanto na temporada de praia, quanto em todos os projetos de eventos da cidade”, enfatizou Arnaldo Bahia.

Otimista com o turismo local, o presidente da associação dos barraqueiros, Zeca Rufo agradeceu à administração municipal por ouvir as necessidades da classe. “Espero que juntos possamos fazer muito mais pelo turismo de Porto Nacional”, disse.

Também participou da reunião o secretário da Infraestrutura, Cleyovane Lemos e o superintendente da Cultura e do Turismo, Geovane dos Santos.