Polí­cia

Foto: Divulgação / Rede Social

O subtenente da Polícia Militar do Tocantins Milton Caetano da Silva morreu na manhã deste sábado, 1º de abril, vítima de um assalto a mão armada em sua residência, na região sul de Palmas. De acordo com o comando Geral da Polícia Militar, dois indivíduos, usando de arma de fogo, atingiram o policial militar no tórax e ainda feriram a sua esposa.

As vítimas foram encaminhadas para o pronto socorro, mas o militar não resistiu aos ferimentos. 

Milton Caetano tinha 33 anos, e era natural de Belo Jardim (PE). O subtenente ingressou na Corporação em 2005 e integrava a Banda de Música da Polícia Militar. Ele deixa a esposa e uma filha. 

“Pessoa muito comunicativa, de fácil trato e gozava de prestígio junto a todos que com ele conviveram. Policial Militar cônscio de seus deveres e apurado senso de responsabilidade com a sua missão na Polícia Militar. Por onde passou honrou o nome da PMTO”, disse o comandante geral da PMTO, coronel Glauber de Oliveira Santos em nota publicada pela instituição.

Em função do falecimento, o Comando Geral decretou luto de 3 dias no âmbito da Polícia Militar. “Rogamos a Deus que conforte toda a família neste momento de extrema tristeza, perda e dor. Ressaltamos ainda que o Comando da PMTO está prestando todo o apoio necessário à  família do policial militar”, disse em nota.