Estado

Foto: Leandro Pinheiro

O Conselho Estadual de Assistência Social do Tocantins (CEAS-TO) deu inicio na manhã desta quarta-feira, 12, à reunião ampliada com os Conselhos Municipais de Assistência Social (CMAS) de todo o Estado. A reunião acontece de 8h às 17h30, no auditório do Centro Universitário Integrado de Ciência, Cultura e Arte (CUICA), na Universidade Federal do Tocantins (UFT), em Palmas. Participam da reunião a gestora da Secretaria Estadual de Assistência Social (Setas), Patrícia do Amaral, a presidente do CEAS-TO, Aurora Moraes, Conselheiros governamentais e não-governamentais, Secretários Executivos e Assistentes Sociais dos municípios tocantinenses.

A Secretária da Setas, Patrícia do Amaral, reforçou a importância da presença de todos os municípios ao evento. “O Conselho caminha em harmonia e em contato com as ações desenvolvidas pela gestão. Hoje o propósito maior é alinharmos as falas e levarmos as informações necessárias, possibilitando aos conselheiros municipais conhecer as diretrizes, além de trazerem suas sugestões a cerca do que será discutido nas Conferencias Municipais, para assim ampliarmos e melhorarmos nossas ações enquanto gestores”, disse ela, na abertura do evento.

Aurora Moraes, presidente do CEAS-TO, disse que a reunião ampliada tem como finalidade orientar os conselhos municipais a realizarem as conferências de Assistência Social de seus municípios, que acontece desde o dia 10 de abril até 31 de julho. “Devido a atual conjuntura do Brasil, a temática é bastante árdua. Por conta disso, se faz necessária essas orientações. Além disso, explicitaremos também a respeito dos eixos temáticos, mostraremos relatórios e a forma de preenchimento e até quem deve participar da Conferência”, disse ela, complementando que se trata de um apoio técnico aos municípios.

Cientes da relevância da Reunião, a maioria dos 139 municípios compareceu ao evento. A presidente do Conselho Municipal de Assistência Social de Araguaína, Jucélia Alves da Silva, disse acreditar que o encontro irá aprimorar seus conhecimentos e prepará-la para a conferência municipal que deverá acontecer na cidade em que atua  nos dias 24 e 25 de junho. “No momento estamos em processo de elaboração e mobilização de nosso público alvo. Esse evento é de suma importância para que tenhamos conhecimento da forma mais adequada para desenvolvermos o nosso processo conferencial”, disse.

Na parte da tarde, o evento aborda a Organização do Processo das Conferências Municipais de Assistência Social e sobre o registro das Conferências Municipais, além de abrir espaço para esclarecimento de dúvidas.