Saúde

Foto: Divulgação

As equipes dos 31 postos de vacinas, situados nos Centros de Saúde da Comunidade de Palmas/TO, estarão a postos a partir da próxima segunda-feira, 17, para iniciar a campanha nacional de vacinação contra a gripe. Até o momento, 24 mil doses da vacina foram distribuídas nos postos, mas a previsão é que a Capital receba um total de 52 mil doses para imunizar os chamados “grupos prioritários”.

Fazem parte do grupo vulnerável as crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional, além da população indígena. A meta deste ano é imunizar 52.855 pessoas.

A dose, via injeção, protege contra os subtipos dos vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. O dia “D” da campanha, dia nacional de mobilização, será em 13 de maio.

De acordo com a responsável pela Central Municipal de Vacinas de Palmas, Elaine Katzwinkel, o principal objetivo da vacinação é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus influenza na população alvo para a vacinação.

A doença

A Influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente em indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção. A doença pode ser causada pelos vírus influenza A, B e C.

Os vírus A e B apresentam maior importância clínica. Estima-se que, em média, as cepas A causem 75% das infecções, mas, em algumas temporadas, ocorre o predomínio das cepas B. Os tipos A e B sofrem frequentes mutações e são responsáveis pelas epidemias sazonais que, frequentemente, são associadas ao aumento das taxas de hospitalização e morte por pneumonia especialmente em pacientes que apresentam condições e fatores de risco.

A vacinação contra influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações.

Vale lembrar que todos os usuários pertencentes ao público-alvo devem apresentar no momento da vacinação o cartão SUS e o cartão de vacina. A previsão é que o município receba as doses na próxima semana, quando será feita a distribuição para as salas de vacina municipais.

A vacina estará disponível nas seguintes unidades:

- CSC 307 Norte

- CSC 403 Norte

- CSC 405 Norte

- CSC 503 Norte

- CSC 603 Norte

- CSC 508 Norte

- CSC 406 Norte

- Policlínica 108 Sul

- CSC 210 Sul

- CSC 403 Sul

- CSC 712 Sul

- CSC 806 Sul

- CSC 1004 Sul

- CSC 1103 Sul

- CSC 1206 Sul

- CSC 1304 Sul

- CSC Taquari

- CSC Lago Sul

- CSC Liberdade

- CSC Laurídes Lima

- CSC Novo Horizonte

- CSC Alto Bonito

- CSC Eugênio Pinheiro – Aureny I

- CSC Aureny II

- CSC Santa Bárbara

- CSC Setor Sul

- CSC Bela Vista

- CSC Morada do Sol

- CSC Santa Fé

- CSC Taquaruçu

- CSC Buritirana

Por: Redação

Tags: Elaine Katzwinkel, Vacina Contra Gripe