Campo

Foto: Manoel Junior

A Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), juntamente com a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto do Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) elaboram o plano de ação para desenvolver, ainda mais, a cadeia produtiva da ovinocultura no Tocantins. Nessa terça-feira, 18, no auditório da Secretaria, foi apresentado o estudo (demandas e gargalos) preliminar sobre a produção de ovinos que está sendo realizando no Tocantins, desde dezembro de 2016.

Para elaboração do plano de ação são consideradas as principais diretrizes de atuação, entre elas: assistência técnica especializada; pesquisas da cadeia produtiva; industrialização; mercado; questões institucionais como legislação e reforço de parcerias das entidades envolvidas.

Para a diretora de Política Públicas para Pecuária da Seagro, Érika Jardim, a intenção é buscar alternativas entre os parceiros, visando fortalecer a cadeia produtiva da ovinocultura. “Estamos elaborando o plano estruturado, ou seja, criando as oportunidades de produção para que a criação de ovinos se torne cada vez mais produtiva no Tocantins”, disse.

De acordo com o consultor da pesquisa da ovinocultura no Tocantins, André Sorio, a pesquisa já está com 80% dos dados apurados, com as potencialidades, demandas e gargalos. “Em posse destes dados faremos um plano de ação consolidado, proporcionando o aumento da produção, fornecer a matéria-prima aos frigoríficos e produzir potencialmente aos mercados consumidores”, ressaltou.

Incentivo

Adair Vaz é produtor numa pequena propriedade no município de Miracema. Atualmente possui um rebanho de 400 animais e falou do incentivo a produção no Tocantins. “Estes incentivos é muito importante para nós produtores, pois mostram as principais ferramentas de produção, como a tecnologia, genética adequada, assistência e animais resistentes ao clima, tudo isso, proporciona um rebanho produtivo e de qualidade”, argumentou.   

Agrotins

O plano de ação será apresentado aos produtores na Feira de Tecnologia Agropecuária (Agrotins 2017), que acontece de 9 a 13 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas. A apresentação será no dia 12, às 14h, no auditório da Pecuária.