Polí­tica

Foto: Divulgação

A deputada federal professora Dorinha Seabra Rezende (Democratas/TO) tem a educação como a sua principal bandeira na Câmara dos Deputados, mas ela também atua em defesa de outras diversas áreas. Dentre elas, o apoio às comunidades indígenas do Tocantins.

Na manhã de quarta-feira, 19, o governador Marcelo Miranda anunciou que irá doar um terreno para a construção da Casa de Apoio à Saúde do Índio. Ele destacou a participação da deputada professora Dorinha na articulação junto ao Governo do Estado e o Ministério da Saúde para a viabilização da Casa. Esse projeto oferece cuidados de saúde como: alojamento e alimentação para pacientes e acompanhantes, marcação de consultas, exames e internações hospitalares para indígenas que necessitam de tratamento de saúde fora da aldeia. 

Além disso, a parlamentar destinou R$ 300 mil para reformas dos postos de saúde de cinco aldeias no município de Tocantínia. As obras já estão em execução e irão atender as aldeias Funil, Salto, Brejo Comprido e Brupé, esta última já concluída.

Professora Dorinha também tem articulado junto ao Ministério da Saúde para a liberação de recursos para a construção de unidades básicas de saúde e de abastecimento de água em diversos municípios do Estado com território indígena.

No Tocantins, estima-se que a população indígena tenha em torno de 15 mil índios distribuídos em cerca de 180 aldeias. As etnias indígenas que vivem no Estado são: Xerente, Krahô, Krahô-kanela, Apinayé, Guarani, Karajá, Karajá/Xambioá e Javaé, sendo que os três últimos formam o povo Iny, pertencente ao tronco lingüístico Macro-Jê, família e língua Karajá.