Polí­cia

Na tarde dessa quarta-feira, 19, uma ação conjunta deflagrada pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), Polícia Militar (PM) e 2ª Delegacia de Paraíso do Tocantins, no Assentamento Manchete, em Marianópolis, resultou na prisão de Paulo J.S.P, 30 anos, Leandro S.C, 25 anos e Frank S. P.S, 29 anos, os quais são suspeitos de envolvimento na prática de vários crimes nos Estados do Tocantins, Pará e Mato Grosso, além de armas de fogo, celulares e munição.

A Deic recebeu informações de que pessoas envolvidas com crimes no Tocantins, Pará e Mato Grosso estariam no assentamento Manchete, com a finalidade de “vingar” a morte em confronto de um membro da quadrilha no mesmo assentamento em maio do ano passado.

Em maio de 2016 em uma investigação da DEIC/TO e DEIC/GO, com apoio da Diretoria de Inteligência, 2ª DPC de Paraíso/TO e GOTE, foi realizada incursão em uma chácara no referido assentamento e no local foram apreendidas diversas armas, munições, emulsão explosiva, balaclavas e veículos roubados, sendo que na oportunidade, os implicados reagiram à ação policial e um deles acabou sendo alvejado e veio a óbito. Na oportunidade, um suspeito conseguiu fugir.

Conforme o delegado responsável pelo caso, nesta semana a Polícia Civil recebeu informações de que o grupo criminoso estaria se reestruturando e planejava atentar contra a vida de policiais civis e militares da cidade de Marianópolis/TO, com o intuito de “vingar” a morte do criminoso no ano passado.

Com essas informações a DEIC representou por medida judicial de busca e apreensão, sendo a mesma, de imediato, deferida pelo juízo criminal de Paraíso/TO após manifestação favorável do Ministério Público.

Para o cumprimento da busca foi montada uma operação com Policiais Civis da DEIC, GOTE, 2ª DPC de Paraíso e Policiais Civis, Militares e do Corpo de Bombeiros integrantes do Ciopaer, grupamento aéreo da Segurança Pública.

Na ação foram presos três suspeitos, apreendidas quatro armas de fogo, sendo duas espingardas e dois revólveres, além de farta munição, uma caminhonete, uma motocicleta e outros objetos relacionados aos crimes. No momento da abordagem policial, os suspeitos entraram em confronto com os policiais, sendo que um deles foi alvejado, porém foi imediatamente socorrido pelo CIOPAER e encaminhado ao Hospital Regional de Paraíso/TO.

Dois dos envolvidos já possuem antecedentes de homicídio na cidade de Vila Rica, no estado do Mato Grosso.  As investigações foram intensificadas no sentido de  identificar os demais envolvidos. 

Por: Redação

Tags: Ciopaer, DEIC, Gote, Polícia