Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador professor Júnior Geo (PROS) utilizou a tribuna da Câmara de Palmas/TO nesta quinta-feira, 20, para discordar da criação da bancada católica. “Sou católico, filho, neto e bisneto de católicos, não sou a favor de bancadas religiosas porque independente de religião, fui eleito para representar a sociedade”, argumentou Geo.

O parlamentar ainda justificou que seu posicionamento é o respeito a toda e qualquer religião. “Vivemos em um país laico.  Estamos em defesa do que é correto para a sociedade, fomos eleitos para fiscalizar ações do executivo, lutar por melhorias que beneficiem a todos e contribuam para o crescimento da nossa cidade”, explicou.

Para Júnior Geo, os vereadores podem e devem atuar em defesa da família independente de pertencer a bancadas religiosas segmentadas. “Sou contrário à necessidade de criar uma bancada religiosa. Segmentar uma Câmara Municipal num país laico é questionável. Reafirmo meu respeito ao direito de cada vereador desta Casa optar pela criação de bancadas religiosas”, reforçou o parlamentar. 

Por: Redação

Tags: Câmara de Palmas, Júnior Geo