Saúde

Foto: Aline Batista Até o momento foram imunizadas 8.749 crianças (43,1% da meta que é 20.285) Até o momento foram imunizadas 8.749 crianças (43,1% da meta que é 20.285)

Apenas 2.315 pessoas procuraram os Centros de Saúde Comunitários para se vacinar contra a gripe, no último sábado, 13, durante o Dia D de vacinação, cuja campanha segue até o dia 26 de maio. O número é considerado baixo pelo secretário municipal de Saúde, Nésio Fernandes, que reafirma a importância de se imunizar contra a gripe.

“Muitas pessoas temem tomar a vacina dizendo que logo após a imunização ficam gripadas. Isso é um mito. Não há relação, pois a vacina passa a fazer efeito após 15 dias da aplicação. O que pode acontecer é a pessoa ter um quadro de resfriado, que é causado por outro tipo de vírus, ou a pessoa já estar contaminada pelo vírus quando foi vacinada e simplesmente haver uma coincidência, com o vírus se manifestando logo após a imunização. A vacina contra a gripe é uma proteção”, orienta o secretário.

Desde o início da campanha, em 17 de abril, até sábado, 13, foram imunizadas na Capital 31.178 pessoas, o que equivale a 56% da meta que é vacinar 51.855 pessoas. Até o momento foram imunizados: 8.749 crianças (43,1% da meta que é 20.285); 1.896 gestantes (49% da meta que é 3.782); 318 puérperas (50% da meta que é 636); 8.231 idosos (77,8% da meta que é 10.578); 4.629 profissionais da saúde (69,6% da meta que é 6.654); 5.227 pessoas com doenças crônicas (53,1% da meta que é 9.830); 1.858 professores (meta aberta); 470 privados de liberdade (estima-se uma população carcerária de mil pessoas).

A gerente da Central de Vacinas da Semus, Elaine Katzwinkel, lembra que nesta semana começa o período de vacinação para as pessoas com doenças crônicas. “De 15 a 19, ou seja, esta semana é a vez das pessoas com doenças crônicas, mas qualquer outra pessoa que se enquadre nos grupos prioritários pode e deve procurar o Centro de Saúde Comunitário mais próximo e garantir sua imunização. A gente entende que por causa da correria do dia a dia fica difícil procurar uma unidade ou até mesmo pelo fato do Dia D ter coincidido com a véspera do Dia das Mães, muitos viajaram para passar esse dia com a mãe. Mas a campanha segue até o dia 26, as unidades de saúde da Capital continuam à disposição, pedimos às pessoas que se encaixam nos grupos prioritários que não deixem de se imunizar”, frisa.

A vacina está disponível nas seguintes unidades:

- CSC 307 Norte

- CSC 403 Norte

- CSC 405 Norte

- CSC 503 Norte

- CSC 603 Norte

- CSC 508 Norte

- CSC 406 Norte

- Policlínica 108 Sul

- CSC 210 Sul

- CSC 403 Sul

- CSC 712 Sul

- CSC 806 Sul

- CSC 1004 Sul

- CSC 1103 Sul

- CSC 1206 Sul

- CSC 1304 Sul

- CSC Taquari

- CSC Lago Sul

- CSC Liberdade

- CSC Laurídes Lima

- CSC Novo Horizonte

- CSC Alto Bonito

- CSC Eugênio Pinheiro – Aureny I

- CSC Aureny II

- CSC Santa Bárbara

- CSC Setor Sul

- CSC Bela Vista

- CSC Morada do Sol

- CSC Santa Fé

- CSC Taquaruçu

- CSC Buritirana