Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Dando continuidade ao monitoramento da qualidade da água dos corpos hídricos do Tocantins, técnicos da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) realizam a 2° campanha do Programa de Estímulo à Divulgação de Dados da Qualidade da Água (QualiÁgua). A ação visa percorrer as 30 bacias hidrográficas do Estado, controladas pelas Plataformas de Coletas de Dados (PCD’s). A campanha iniciou nesta semana e segue até o dia 16 de junho.

Para coletar as informações necessárias os técnicos utilizam a sonda multiparâmetros que mede os seguintes parâmetros em tempo real: oxigênio dissolvido, condutividade, pH, turbidez, temperatura do ar e da água e profundidade. Os dados são emitidos pelas 30 PCD’S instaladas no ano passado.

Segundo informações do diretor de Planejamento e Gestão dos Recursos Hídricos, Aldo Azevedo, o monitoramento é composto de quatro ações por semestre, que serão concluídas ainda este ano. “a primeira foi realizada em fevereiro e agora vamos executar a segunda inspenção”, explica Aldo. O projeto, conforme destacou o diretor, será executado em cinco anos, via convênio firmado com a Agência Nacional de Águas (ANA), no valor de R$ 1.166.000,00.

As informações serão usadas para implantar o Sistema Estadual de Informações de Recursos Hídricos, além de subsidiar o banco de dados da ANA. “Porém os dados podem ser consultados pelo Boletim de Hidrometeorologia emitido diariamente pela Semarh”, informou Aldo Azevedo. O documento está disponível no endereço eletrônico www.semarh.to.gov.br.

Convênio

A Agência Nacional de Águas firmou acordo que estabelece repasse de R$ 1,16 milhão à Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins até dezembro de 2021. O repasse será feito no âmbito do Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (Qualiágua), como premiação pelo cumprimento das metas de monitoramento e divulgação de dados de qualidade da água. O acordo tem vigência de 60 meses, ou seja, encerra-se em 12 de dezembro de 2021. Os recursos serão repassados duas vezes a cada 12 meses, mediante o cumprimento das metas de monitoramento e divulgação de dados.

Municípios

Ao todo, 25 cidades tocantinenses receberão a equipe técnica: Lagoa da Confusão; Formoso do Araguaia; Aparecida do Rio Negro; Novo Acordo; Mateiros; Itaguatins; Araguatins;  Xambioá; Araguacema; Araguaína ; Couto Magalhães;  Araguanã; Caseara  Goiatins;  Itapiratins;  Pedro Afonso ; Miracema do Tocantins; Paranã; Gurupi; Natividade; Porto Nacional; Aurora do Tocantins; Conceição do Tocantins; Taipas e Dianópolis.