Polí­tica

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil Senador Aécio Neves (PSDB-MG) Senador Aécio Neves (PSDB-MG)

A Polícia Federal (PF) está nesta manhã (18) na casa do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em Ipanema, no Rio de Janeiro, fazendo uma busca e apreensão. Os agentes da Polícia Federal chegaram logo cedo, antes das 6h.

Estão, também, na casa da irmã do senador Andrea Neves, em Copacabana, e de Altair Alves, que seria ligado ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Aécio é citado na reportagem que fala da delação de um dos donos da JBS. Teria pedido R$ 2 milhões para pagar sua defesa na Lava Jato.

Enquanto isso, em Brasília/DF, o presidente Michel Temer mantém, pelo menos por enquanto, a agenda oficial. No site do Palácio do Planalto, a agenda oficial mostra que Temer tem encontro com 17 deputados federais, todos da base aliada, e um deputado estadual. Mas, ainda não se sabe se esses encontros serão mantidos

No Congresso, o dia deverá ser de muita tensão. A oposição promete obstruir os trabalhos da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para que se vote, apenas a proposta de emenda à Constituição (PEC) que convoca eleições diretas para presidente, em caso de vacância no cargo.

A previsão é de que as outras votações, pelo menos em plenário, fiquem paralisadas.

A Procuradoria-Geral da República e o Supremo Tribunal Federal (STF) ainda não comentaram a reportagem de O Globo, de ontem (17), e nem comentaram quais serão os próximos passos das investigações. (EBC)