Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador Vicentinho Alves (PR), coordenador da Bancada Federal do Tocantins, participou nesta última terça-feira, 30, juntamente com os deputados federais Lázaro Botelho (PP) e Josi Nunes (PMDB), de audiência com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, para solicitar que o tribunal reavalie a aplicação da Resolução nº 23.512, de 2017, que pode provocar a extinção de zonas eleitorais no Estado do Tocantins.

Mais nova unidade da federação, o Tocantins possui hoje 35 zonas eleitorais com sedes próprias, que estão bem distribuídas pelos seus 139 municípios e atendendo de forma eficaz 1.041.955 eleitores.

O Estado possui vasta extensão territorial e baixa densidade demográfica, sendo que a extinção de zonas eleitorais, a ser efetivada com a manutenção da medida, causará enormes transtornos para a população.

O ministro determinou a sua assessoria que avaliasse os impactos da resolução no Tocantins.

Além dos parlamentares federais, participaram da audiência a desembargadora Ângela Prudente, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE) e a magistrada Juliane Freire, presidente da Associação de Magistrados do Tocantins (ASMETO).