Polí­tica

Foto: Divulgação

Em audiência no Ibama nesta última quarta-feira, 31, o senador Vicentinho Alves (PR), coordenador da Bancada Federal do Tocantins, juntamente com os deputados federais Dulce Miranda (PMDB), Josi Nunes (PMDB), Vicentinho Júnior (PR) e o superintendente do DNIT no Tocantins, Eduardo Suassuna, solicitaram à presidente Suely Mara Vaz Araújo que o órgão agilize a análise dos processos de Autorização de Supressão Vegetal para o Lote 2 da BR-242, Trecho Peixe-Paranã e de Licença de Instalação da BR-010, Trecho Aparecida do Rio Negro-Goiatins.

A autorização solicitada para a BR-242 permitirá o início das obras do lote que falta para a conclusão do trecho Peixe-Paranã. No caso da BR-010, a aprovação da Mudança de Titularidade do Governo do Tocantins para o DNIT, bem como a concessão da Licença de Instalação, permitirão a retomada das obras e o complemento da pavimentação do trecho de 310 km entre Aparecida do Rio Negro e Goiatins, dos quais apenas 90 km se encontram pavimentados.

A presidente do Ibama informou que no prazo de 15 dias será expedida a Autorização de Supressão Vegetal para o trecho da BR-242, juntamente com a renovação da Licença de Instalação. Quanto aos licenciamentos da BR-010 solicitou informações complementares ao DNIT para adotar as providências necessárias, inclusive com as necessárias consultas à Funai por se tratar de região indígena.

Participaram também da Audiência o Renato Assunção, secretário de Representação do Governo do Tocantins em Brasília/DF, e Larissa Santos, diretora de Licenciamento Ambiental.