Estado

Foto: Luciano Dourado

O Estado do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência  Social (Setas), em parceria com o Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas), se comprometeu a prestar apoio técnico a 76 municípios para a realização de suas Conferências Municipais de Assistência Social, neste sentido, nesta quarta-feira, 14, Arapoema e Paranã receberam o referido suporte, totalizando 38 cidades atendidas pelo Governo.

Em Paranã, a 363 km de Palmas, apresentações de capoeira, música e dança realizadas pelos grupos de crianças, idosos e mulheres do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) emocionaram e contagiaram os presentes com a animação. Para a coordenadora do Cras, Thamyres Nascimento, envolver o público-alvo da Conferência é de extrema importância para o seu andamento. "Com a apresentação, eles se sentem ainda mais parte integrante deste processo com vontade de participar. Esta é uma oportunidade de eles conhecerem melhor a política de Assistência Social, sabendo o que pode o que não pode ser feito", disse.

Neste sentido também, a gestora da Setas, Patrícia do Amaral, aproveitou a solenidade de abertura para falar sobre o papel da Assistência Social. "Assistência Social, Educação e Saúde não podem andar separadas porque nosso objetivo é resgatar a dignidade por meio de políticas efetivas, não de doações. Aqui é o espaço para saber o que Paranã quer implementar, melhorar ou tirar", comentou.

Já para a secretária municipal de Assistência Social, Silmara Ribeiro, não haveria melhor forma de encerrar o semestre do que com a realização da Conferência. "Hoje podemos ouvir as necessidades e debater os anseios da população para juntos construir políticas efetivas de melhoria, por meio de propostas enriquecedoras que surgirão ao longo deste dia de trabalho", comentou.

Após a abertura, foi aprovado o regimento interno da Conferência e dado início aos trabalhos de debate e criação de propostas com a palestra magna realizada por um dos representantes da Setas. Uma segunda equipe da Secretaria presta apoio à cidade de Arapoema, também nesta quarta. Outras oito cidades receberão o suporte na próxima semana.

As Conferências Municipais de Assistência Social deste ano têm como tema Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social e devem ser realizadas por todas as cidades do Estado, até o dia 30 de agosto. O apoio do Estado é para os municípios com até 20 mil habitantes e que estejam em nova gestão municipal.

Etapas 

Na etapa municipal, cada localidade deve sugerir dez ações para serem desenvolvidas pelo Município, seis pelo Estado e quatro pela União. No evento também devem ser eleitos dois delegados e seus suplentes para representarem o município na Conferência Estadual que acontece em Palmas no mês de outubro. Os delegados municipais apresentarão e defenderão suas propostas na etapa estadual e, após aprovação, essas propostas serão levadas para a Conferência Nacional que acontece em Brasília.