Polí­tica

Foto: Divulgação Eva nasceu e morou até a adolescência na zona rural de Miracema do Tocantins Eva nasceu e morou até a adolescência na zona rural de Miracema do Tocantins

Após solicitação do deputado estadual Jaime Café (DEM), a Assembleia Legislativa do Tocantins realiza na próxima terça, 20, às 9h da manhã, Sessão Solene para homenagear a produtora cultural Eva Pereira por todo o seu trabalho na área de produção e direção de materiais audiovisuais, especialmente pelo lançamento do documentário intitulado “O Mistério de Nhemyrõ”,  que chama atenção para o grande índice de suicídio de jovens indígenas.

Eva dirigiu e roteirizou o documentário que será exibido em mais de 200 canais a partir do dia 30 de junho. Com 13 episódios, o projeto chama atenção para o tema complexo do suicídio de jovens indígenas diretamente com os povos Guarani Kaiowã/MS, Comunidades indígenas do Alto do Rio Negro/AM e o povo Iny, da Ilha do Bananal/TO. O projeto foi o primeiro do Tocantins contemplado no edital para conteúdos de Tvs Públicas promovido pela Ancine  - Agência Nacional de Cinema e inseriu o estado no mapa de produção do programa Brasil de Todas as Telas. A série, que foi totalmente realizada por profissionais Tocantinenses, conforme Eva “levará às telas de Tvs de todo País o pedido de socorro desses povos, mas, levará principalmente, o grito deles pela vida!”, alerta.

MZN Filmes e Cunhã Porã Filmes são as empresas realizadoras do documentário. Entre os profissionais envolvidos estão, além de Eva, Tonico Benites Guarani Kaiowá, na codireção; Kohalue Karajá, na colaboração de Conteúdo Iny; e Márcio Mazaron na direção de fotografia.

Perfil 

Eva nasceu e morou até a adolescência na zona rural de Miracema do Tocantins. Quando criança, ouvia novela de rádio e sonhava escrever e produzir histórias como as que ouvia. Hoje é reconhecida como uma das mais atuantes profissionais do audiovisual da Região Norte. É premiada em editais nacionais e concursos de desenvolvimento de roteiros para filmes, documentários e séries. Em 2017, teve dois projetos selecionados e comercializados nas rodadas de negócios dos dois maiores eventos de audiovisual do País, Rio Content Market (Rio) e Telasforúm (SP). Além de roteirista, Eva atua como produtora e diretora. Seus trabalhos geralmente estão voltados para defesa de causas em que acredita.