Estado

Foto: Pedro Barbosa Os aspectos financeiros do projeto Tocantins Agro foram debatidos com membros da Jica Os aspectos financeiros do projeto Tocantins Agro foram debatidos com membros da Jica

O embaixador do Japão, Satoru Satoh, recebeu nessa quarta-feira, 28, na embaixada do País no Brasil, o governador Marcelo Miranda, a primeira dama e deputada federal Dulce Miranda, o senador Vicentinho Alves, e secretários de Estado do Tocantins para tratar do projeto Tocantins Agro. A iniciativa busca investidores japoneses para o desenvolvimento do segmento agroindustrial do Estado, a partir da implantação da zona de negócios no entorno da plataforma multimodal de Porto Nacional da Ferrovia Norte-Sul.

O projeto foi apresentado à Embaixada em outubro de 2016 e tratado também na visita do embaixador japonês ao Tocantins, em março de 2017. No encontro desta quarta-feira, foram definidas as próximas etapas. “O Japão é um parceiro do Estado há muito tempo, em projetos que sempre trouxeram retornos positivos de forma bilateral. Hoje viemos ao embaixador dar continuidade a essa nova parceira e acreditamos que pode ser um importante avanço no processo de industrialização do Estado”, afirmou o governador Marcelo Miranda.

Dentre as ações agendas está a participação do Tocantins no Seminário Brasil Japão, patrocinado pelo Ministério da Agricultura do Brasil, que ocorrerá no dia 7 de julho, em Brasília. Na ocasião, o Estado apresentará o Tocantins Agro e as oportunidades na área de infraestrutura, necessária para promover o escoamento da produção industrial estimulada pelo projeto. No final de agosto haverá outro seminário, também em Brasília, patrocinado pela Embaixada do Japão para discutir, especificamente, os investimentos em infraestrutura.

Os aspectos financeiros do projeto foram debatidos com membros da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), presente no encontro. Os representantes da instituição se dispuseram a receber e analisar propostas benéficas para o Tocantins que possam ser desenvolvidas em parceria com empresas japonesas ou nipo-brasileiras, por meio de Parceria Público Privada e concessões.

Projeto Tocantins Agro

O conceito do Tocantins Agro é a estruturação das cadeias produtivas do agronegócio, em uma área definida como zona de negócios. O Estado pretende propiciar suporte na melhoria da infraestrutura básica para que a iniciativa privada possa oferecer, a partir do Tocantins, produtos de alta qualidade, competitivos no mercado internacional.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico do Tocantins, Alexandro de Castro, explicou que o Tocantins Agro pode ser apenas o embrião para a expansão da cadeia produtiva da agricultura no Estado. “Por meio desta estratégia, o Estado pretende estimular o desenvolvimento da agroindústria, fortalecendo principalmente o segmento de aves e suínos. O projeto não se destinará apenas ao entorno de Palmas, caso haja interesse e viabilidade econômica, ele pode se estender para outras regiões”, destacou.