Saúde

Foto: Josy Carla

As reuniões da Mesa de Negociação do Sistema Único de Saúde (SUS), estão planejadas para acontecer em todas as últimas quartas-feiras do mês. Elas foram retomadas pela Secretaria de Estado da Saúde e de acordo com a secretária executiva da mesa de negociação, Ângela Maria Dantas, será “um espaço permanente de negociação, onde trabalhadores representados por seus Sindicatos e Governo pactuam e gerenciam conflitos, constroem as relações de trabalho” informou.

Ainda segundo ela, os princípios básicos da Mesa de Negociação são a valorização do servidor, legalidade e moralidade, liberdade sindica e eficiência administrativa. “Além disso, outra finalidade é dar condições de trabalho aos servidores do SUS, essa é uma conquista”.  

Sobre os assuntos que serão debatidos, a secretária esclareceu ainda que após cada reunião ficará estabelecida nova pauta. “Recebermos as demandas dos sindicatos, filtramos àquelas que têm maios solicitação e com uma semana de antecedência, as pautas que serão tratadas nas reuniões, serão encaminhas para aprovação de todos”, destacou. 

O presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem no Estado do Tocantins (Seet), Claudean Pereira Lima, vê o retorno da Mesa de Negociação com muita expectativa. “É um instrumento importante para fazer a defesa dos trabalhadores e dos usuários do SUS”, explicou.  

Domingos Rodrigues, secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, (Sintras), reforçou que esse será um momento democrático. “É onde nós expomos as dificuldades que os trabalhadores têm no dia a dia da profissão, é um espaço adequado e aberto aos trabalhadores e a gestão por sua vez trazer melhorias na prestação de serviço à sociedade” reforçou.

Já para o representante do Sindicato dos Farmacêuticos do Tocantins, Pedro Henrique Goulart, reforçou que a Mesa de Negociação “é uma forma que temos como sindicalistas de trazer as demandas, tratar com a gestão estadual e tentar sanar problemas”.

Representações

Representam a Gestão Estadual, o Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev), a Secretaria de Estado de Administração (Secad), a Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan), a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) e a Fundação das Santas Casas de Misericórdia (FSCM).  

Representam os trabalhadores, o Sindicato dos Cirurgiões-Dentistas do Estado do Tocantins (Sicideto) o Sindicato dos Farmacêuticos do Tocantins (Sindifato) o Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins (Seet) o Sindicato dos Médicos do Tocantins (Simed), o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado do Tocantins (Sintras) e o Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (Sisepe).