Cultura

Foto: Júnior Suzuki

Com as arquibancadas lotadas, o Arraiá da Capital brilhou no seu terceiro dia de programação. A brincadeira de São João, que já se tornou um espetáculo tradicional da cultura popular tocantinense, esbanjou beleza, alegria, passos harmonizados sem perder o ritmo da música e do enredo. As quadrilhas que se apresentaram para a competição foram: “Fulô de Mandacaru” (Comunidade), “Caipiras do Sertão”, “Encanto Luar”, “Fogo na Cumbuca”; Já Vim Já Vou” e “São João das Palmas”, dos grupos de acesso.

As quadrilhas são avaliadas por 12 jurados que ficam atentos a cada performance. Segundo o jurado Kaká Nogueira, a equipe pontua a coreografia, harmonia, animação, marcador, repertório musical, figurino, alegoria e cenário. “As quadrilhas têm evoluído muito, o figurino e o desempenho delas estão cada vez mais ricos. Está sendo uma disputa bastante acirrada”, disse Kaká, destacando que este ano está avaliando o desempenho do marcador, animador e a trilha sonora.

Os passos precisos e frenéticos da dança aliados aos movimentos embalados pela música e história contada em cada apresentação formam um conjunto de beleza que impacta o público. A coreógrafa e noiva da Quadrilha São João das Palmas, Valdenice de Souza, conta que este é o objetivo de cada passo. “De acordo com o repertório, o tema e as músicas montamos as coreografias, pensando em efeitos, evoluções, movimento das saias, para que fique algo bonito, animado e que envolva as pessoas”, disse a coreógrafa garantindo que este é um diferencial que garante uma boa pontuação.

Cidade cenográfica

Além das quadrilhas, as delícias típicas da cidade cenográfica que retratam uma cidadezinha do sertão nordestino também agradam os visitantes do Arraiá Capital. “Tem três anos que sempre venho ao Arraiá com minha família. Amo as comidas típicas e este ano está bem mais personalizado e organizado. Pretendo voltar amanhã para torcer pela minha junina do coração, a Pizada na Butina”, disse a servidora pública, Michely Guedes Azevedo.

Neste sábado, a partir das 19 horas, se apresenta a 3ª Quadrilha Grupo Comunidade Paixão Junina e começam as apresentações das quadrilhas do Grupo Especial: Coronéis da Sucupira, Girassol do Cerrado, Caipiras do Borocoxó, Pizada na Butina e Arrasta Pé da Liberdade.

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Arraiá da Capital