Polí­tica

Foto: Divulgação

O prefeito de Gurupi/TO, Laurez Moreira, comunicou nesta última terça-feira, 18, ao presidente do PSB no Tocantins, o prefeito de Palmas Carlos Amastha, que deixará o partido. A ficha de desfiliação ainda não foi entregue, mas o comunicado já foi feito.

Sua nova sigla partidária deverá ser definida entre os meses de agosto e setembro. Laurez conta com o convite de diversas legendas e analisa as opções para definir sua nova filiação.

O prefeito de Gurupi presidiu o PSB no Tocantins até o ano de 2015, quando Amastha assumiu o cargo após se filiar a legenda. A atuação de Laurez à frente do PSB possibilitou que o partido saltasse de 4 prefeitos eleitos nas eleições de 2008 para 16 prefeitos eleitos em 2012. Em 2016, sob o comando de Amastha, o PSB elegeu apenas nove prefeitos e caminha para uma derrocada maior. Isso porque informações de bastidores dão conta de que, com a saída de Laurez Moreira, outros prefeitos também deixarão o partido. “Além do Laurez, outros seis prefeitos devem sair. Só devem ficar o Amastha e outro”, disse uma importante fonte ligada ao prefeito de Gurupi ao Conexão Tocantins.

O Conexão Tocantins ouviu o prefeito para saber os motivos que o levaram a deixar o PSB. Sobre o assunto, ele disse apenas que acredita na construção de um projeto novo para o Tocantins. “Queremos fazer um grupo bom, preocupado com a gestão do Estado e para isso é importante a gente se posicionar”.

Por: Patrícia Saturno

Tags: Carlos Amastha, Gurupi, Laurez Moreira, PSB