Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador professor Júnior Geo (PROS) solicitou na sessão desta quarta-feira, 2, à presidência da Câmara Municipal de Palmas, um cronograma da execução do concurso para disponibilizar a sociedade. Segundo o parlamentar, os interessados em participar precisam ter acesso a essas informações para que se preparem adequadamente e tenham conhecimento dos prazos para cada etapa.

Em 2016 foi criada a Comissão Especial do Concurso, a qual Júnior Geo fez parte. O objetivo era realizar estudos que possibilitassem a execução do certame o mais rápido possível. Os estudos foram realizados e entregues à presidência para que efetivasse a ação. Segundo o presidente Folha (PSD), o edital para a licitação deve sair na próxima sexta-feira, 4.

O presidente falou sobre uma resolução aprovada na Câmara que criou e estruturou os cargos com 43 vagas para assumirem imediatamente e mais 43 para cadastro reserva. Segundo ele, responsável pelo andamento do certame, no final de agosto a empresa estará licitada e poderá realizar o edital que rege o concurso, em setembro poderão iniciar as inscrições, outubro a realização da prova e a previsão para posse é janeiro.

Professor há 18 anos no mundo dos concursos e concursado, Júnior Geo demonstrou preocupação com a banca escolhida. “Não podemos deixar que o certame ocorra com uma banca que não tenha idoneidade, histórico de credibilidade. Queremos que a Câmara de Palmas se torne referencia em credibilidade e não em questionamentos. Irei defender para que o concurso ocorra da melhor forma possível, como tenho feito há cinco anos”, ressaltou.

A Câmara já dispõe de um Termo de Referência, documento que serve como base para o edital de licitação. O documento especifica que a prova será composta por: questões de língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática, conhecimentos regionais, legislações pertinentes ao município de Palmas e conhecimentos específicos.