Estado

Foto: Carlessandro Souza

Com o intuito de orientar as equipes gestoras dos municípios que aderiram ao Programa Criança Feliz, a Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) promove nesta segunda e terça-feira, 14 e 15, uma Reunião Técnica de Alinhamento, em Palmas. O Tocantins é o primeiro Estado brasileiro a realizar esta reunião.

A gestora da Setas, Patrícia do Amaral, falando do objetivo do encontro, disse ser "sempre um desafio alinhar ações em realidades tão diferentes, mas as instruções e orientações do Programa servem para que cada ambiente possa ser trabalhado pelas equipes, observando seus contextos”, afirmou.

Participam da reunião a equipe técnica da Proteção Social Básica da Setas, representantes do Comitê Gestor Estadual e do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), além dos gestores, coordenadores e supervisores dos municípios que aderiram ao Programa no Estado.  

A consultora técnica do MDS, Roberta Sousa, em sua apresentação, falou da importância do Programa para um futuro melhor. “O Programa pensa as orientações desde a concepção da criança, por isso a importância de ações intersetoriais. Para um bom resultado a médio e longo prazo, necessitamos dos outros setores, como educação e saúde, nesse trabalho que atenderá aos mais necessitados”, afirmou ela, lembrando que esta é a primeira reunião técnica de alinhamento do Criança Feliz realizada no país.

Elisandra Alves Braga, secretária municipal de Assistência Social de Palmeiras do Tocantins, falou das expectativas da reunião e de como tem observado os primeiros resultados do Programa em sua cidade. “Estou muito empolgada, porque demos uma alavancada desde que iniciamos a implantação. Nosso município é bastante carente e temos muitas famílias com necessidade dessa aproximação. Estamos bastante adiantados nos trabalhos e já até recebemos moradores que vieram elogiar o Programa”, disse.

Programa Criança Feliz

O programa priorizará as crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e as de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A iniciativa tem como ponto central a visitação domiciliar. Nos encontros, técnicos capacitados vão orientar os pais sobre a maneira adequada de estimular o desenvolvimento dos filhos, principalmente nos primeiros mil dias de vida.

Mais Municípios

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) reabriu o processo de adesão ao Programa Criança Feliz para os municípios que já estavam aptos, mas não aderiram na primeira etapa. No Tocantins, mais 37 municípios podem se inscrever até o dia 18 de agosto pelo site www.mds.gov.br